11 Dicas Para Dar Leite Artificial Com Segurança

11 dicas para dar leite artificial com segurancaVamos dizer que você não conseguiu amamentar por algum motivo. Infelizmente isso acontece em vários lares. Primeiro de tudo não se sinta culpada. A mamadeira pode ser dada com amor também. Segure o bebê perto do seu corpo e olhe nos olhos enquanto oferece a mamadeira. Você vai ver que a troca é incrível.

Se o seu bebê é pequeno e você ainda tem vontade de amamentar, recomendo que contrate uma consultora de amamentação porque ainda tem jeito. Até mesmo mães adotivas podem produzir leite se bem orientadas. Falta de dinheiro não é problema uma vez que você pode encontrar orientação gratuita nos Bancos de Leite.

Mas se o único jeito é a mamadeira e você está em paz com essa decisão, o texto abaixo é para você:



Se você estiver alimentando seu bebê com leite artificial, existem algumas regrinhas importantes que você deve seguir para o bem dele, para que ele receba a quantidade correta dos nutrientes que ele precisa, da maneira mais segura possível. Infelizmente, há pouca informação disponível online sobre como alimentar recém nascidos e bebês usando leite artificial. Todos nós sabemos dos grandes benefícios da amamentação com leite materno, mas por vários motivos muitas mamães precisam recorrer ao leite em pó. A falta de informação nessas horas pode ser bem estressante.

1- Não esquente LA no forno de microondas.
O microondas não esquenta o leite de maneira uniforme. Isso quer dizer que uma parte do líquido pode estar fria e outra muito quente, que pode vir a queimar a boca do seu bebê. Agitar a mamadeira depois de esquentar ajuda a misturar bem o leite e pode evitar que isso aconteça. Mas é melhor prevenir do que remediar quando estiver preparando o leite em pó de um bebê chorando enquanto você está há noites sem dormir.

2- NUNCA modifique a receita da mistura.
Observe bem as instruções de preparo na lata e siga as medidas à risca. O modo de preparo pode ser diferente entre uma marca de leite em pó e outra, então se for mudar de leite, confira novamente as instruções. Se você colocar água demais, seu bebê pode não receber a quantidade certa de nutrientes que ele precisa. Se você colocar água a menos, seu bebê pode correr risco de desidratação. Então é essencial que você siga a receita, para a saúde e bem estar do seu filho. A única exceção a essa regra é quando uma alteração da receita for indicada por um médico especialista por conta de alguma condição médica especial que o bebê tenha.

3- Não adicione NADA à mistura.
Você também não deve adicionar nada ao leite artificial. Não adicione nenhum líquido ou sólido, não adicione engrossantes ou frutas, nem nada que faça o bebê ficar “mais satisfeito” ou “pra crescer mais” ou pra “dormir melhor” – ignore essas sugestões de amigos e familiares. Elas geralmente trazem boas intenções, mas junto delas, trazem um maior risco de Síndrome da Morte Súbita. O sono mais longo e mais pesado do que o sono biológico normal é perigoso.

4- Não use água mineral.
O correto é usar sempre água fervida. Melhor ainda usar uma água filtrada e depois fervida. A água mineral sofre processo de carbonação e contém concentrações altas de minerais que podem fazer mal ao seu bebê. Algumas marcas possuem concentrações de sódio maiores do que a quantidade máxima recomendada para bebês. Outras podem conter também níveis perigosos de cálcio e fazer mal para os rins do bebê. O ideal é sempre usar água fervida (veja o próximo item).

5- A água deve ser fervida a no mínimo 70ºC (e depois resfriada à temperatura ambiente para o consumo).
Por que precisamos ferver a água? Porque precisamos ter certeza de eliminar quaisquer bactérias que possam estar na água e também na própria lata de leite em pó. Isso mesmo, o pó não é estéril. O uso de água contaminada pode trazer danos muito graves à saúde do bebê, então sempre a ferva até pelo menos 70ºC e deixe esfriar até a temperatura ambiente. Essa é a temperatura recomendada pela OMS.
Antes de dar o leite artificial ao seu bebê, esfrie a mistura rapidamente colocando a mamadeira fechada embaixo de água corrente. Verifique a temperatura da água da mamadeira na parte interna do seu punho até ter certeza absoluta de que não está quente demais.
ATENÇÃO: Sempre verifique a temperatura do leite antes de dar ao seu bebê. Água quente demais pode causar queimaduras graves.

6- Não armazenar o leite que seu bebê não tomou.
O leite em pó misturado com a água tem as condições ideais para o crescimento de bactérias que podem ser perigosas à saúde. Até mesmo as bactérias na saliva do bebê que entram em contato com o leite podem se multiplicar dentro da mamadeira. Então, a Organização Mundial de Saúde recomenda que você jogue fora o que o bebê não beber no prazo de 2 horas (contando do momento em que a mistura foi preparada). Esse prazo pode variar de acordo com a marca do leite em pó, já vi algumas por aqui com recomendação de não passar de 1 hora.

7- Evite superalimentar o seu bebê.
O bebê é a única pessoa que pode saber exatamente qual é o seu nível de fome. Se ele parar de beber o leite, tire a mamadeira dele e aguarde alguns minutos. Se ainda tiver fome, logo logo ele vai dar sinais de que quer mais leite. Não é sempre que o bebê vai querer todo o leite da mamadeira, às vezes eles bebem muito de uma vez, outras vezes bebem de pouco em pouco. Não force, deixe que ele se alimente no ritmo dele. Se você estiver preocupada sobre seu filho estar bem nutrido ou não, procure um profissional de saúde.

8- Não ponha o bebê para dormir com uma mamadeira.
Se o bebê cair no sono com a mamadeira na boca, o leite vai continuar pingando dentro da boca dele. Isso pode fazer com que ele engasgue. Além disso, restos de leite na boca podem acelerar o desgaste dos dentes. Se o bebê estiver sonolento, tire a mamadeira da boca dele.



9- Não deixe o bebê tomar a mamadeira sozinho.
Por mais que a criança já esteja maior e mais espertinha com as mamadeiras, é perigoso deixá-la sozinha com a mamadeira, pois existe risco de engasgo. Todas as mamadas devem ser supervisionadas por um adulto. Você sabe desensgasgar um bebê? Leia sobre a Manobra de Heimlich para crianças.

10- Não aqueça o leite artificial por mais que 10 minutos.
Se você estiver usando um aparelho próprio para aquecer mamadeiras, a maioria deles desligam sozinhos após 10 minutos. Se o seu não desliga, ou se você estiver aquecendo em banho maria, não deixe por mais que 10 minutos. Deixar a mamadeira esquentando por muito tempo favorece o aparecimento de bactérias no leite. Isso pode causar diarréia ou outros problemas mais complicados.

11- Não misture leite artificial com leite materno.
Se você estiver alimentando seu filho com os dois tipos de leite, nunca os misture. O leite em pó só deve ser misturado na água fervida.

Fonte: Belly Belly

Dê a sua opinião: