Bebê High Need – Será Que Eu Tenho Um Bebê de Alta Necessidade?

Bebe High Need Sera Que Eu Tenho Um Bebe de Alta Necessidade“Por que meu bebê é tão diferente? Ele não é como qualquer um dos bebês dos meus amigos. Os bebês dos meus amigos dormem durante a noite. Eles são felizes sendo segurado por qualquer um. Meus amigos não parecem tão cansados como eu. O que estou fazendo de errado?”

Soa familiar? Seu bebê age dessa maneira porque ele é assim! Seu bebê age assim não porque você está fazendo alguma coisa errada, mas por causa da personalidade do próprio bebê!

Comecei a procurar sobre bebês high need porque desconfiei que a Mia fosse: ela só aceita o meu colo, muitas vezes rejeita até mesmo o colo do pai. Ela acorda a cada 1h na madrugada. Ela quer peito o tempo todo. Ela choraminga o dia inteiro por tudo. Basta eu coloca-la para brincar no chão, ela fica 10 segundos e começa a choramingar (é difícil fazer qualquer coisa, como cozinhar). Ela não vê TV – olha por 5/10 segundos o desenho e se desinteressa (ok, me julgue, já tentei até a TV para ter uma folga e conseguir fazer as coisas da casa) Ela já tem 8 meses, não era para estar assim. Eu tenho outro filho para cuidar e para dar atenção. Comecei a procurar desesperadamente uma forma de resolver isso.



Uma vez eu li alguém falando que “quem teve um segundo filho é porque não teve um bebê high need ainda” e isso faz todo sentido na minha cabeça. Eric era um bebê difícil, muito difícil, mas não sugava todas as minhas energias.

Um bebê high need, te deixa cansada e mesmo assim suga mais ainda as suas energias.

O bebê high need tem as seguintes características:
1-Intenso
2-Hiperativo
3-Parece estar sempre insatisfeito
4-Chora o tempo todo e de forma estridente
5-Dorme pouco
6-Mama muito
7-Quer ficar o tempo todo no colo da mãe

Eu não sei o seu bebê, mas eu reconheço a Mia em todas as 7 características. A verdade é que todos os bebês vão ter alta necessidade em 1 ou 2 itens dessa lista, mas um bebê high need vai ter alta necessidade em vários itens dessa lista, levando os pais, principalmente a mãe, ao cansaço extremo.

Então todos os bebês são high need em alguns pontos. Mas o bebê completamente high need vai ter várias dessas características.

Algumas pessoas relatam que pode reconhecer um bebê high need ainda na maternidade, pois ele precisa de colo e peito o tempo todo. Ele não aceita ficar no bercinho ao lado da mãe e acaba sendo passado de uma enfermeira à outra, para ficar no colo o tempo todo e parar de chorar. Mas não se engane, se o seu filho não fez isso na maternidade, não significa que ele não possa ser high need, só significa que ainda não deu tempo de reconhece-lo como um bebê high need.

É claro que antes de classificar o seu bebê como high need, é preciso descartar o que está por trás de tantas necessidades dele, como por exemplo, se ele é um bebê com refluxo (que obviamente vai querer mais colo da mãe, vai ficar mais agitada, mamar mais, acordar mais vezes etc).

Saiba mais sobre a doença do refluxo em bebês.

Outra coisa que você precisa ter em mente é que todos bebês com menos de 3 meses vão ter alta necessidade. Todos! Já ouviram em falar em teoria da externo-gestação? Bebês até 3 meses nem sabem que estão fora do útero da mãe ainda, então é normal que demandem mais atenção, colo, carinho etc.

Também aqui precisamos falar as expectativas dos pais. Antes de nos tornarmos pais imaginamos um bebê fofo, lindo, uma gracinha, mas não imaginamos o quanto difícil possa ser. O bebê não dorme, não come, só quer peito o tempo todo, só quer colo o tempo todo e por isso a mãe não consegue nem comer e muito menos ir ao banheiro. Antes de classificar um bebê como high need precisamos saber se os pais estavam ou não com expectativas irreais de como seria esse bebê.

Como resolver?
Não dá para resolver. Como foi dito anteriormente, essa é uma característica do bebê. Alguns bebês demandam mais atenção do que os outros. A palavra chave para pais de bebês high needs é paciência. Não tem muito o que fazer, só ter muita paciência. Se puder delegue tarefas: limpeza da casa, comida (se der para comprar coisas prontas para comer). Peça ajuda dos avós / avôs, tias / tios, amigas / amigos etc.

E muita força para nós! Um dia isso vai melhorar.

Fontes:
Ask Dr Sears
Revista Crescer

Dê a sua opinião: