Como Entrar em Trabalho de Parto de Forma Natural

Como Entrar em Trabalho de Parto de Forma NaturalVocê está se aproximando das 40 semanas e até agora nada de entrar em trabalho de parto. Nada do tampão mucoso sair, nada de contrações Braxton Hicks, nada de nada. E agora? Tem alguma coisa errada comigo?

Calma, não tem nada de errado com você! 40 semanas é a média que dura uma gestação, em que o normal é ir de 38 a 42 semanas. Muitas gestantes vão até 43 semanas sem o menor problema.

Mas saiba que a partir de 38 semanas você pode começar a tentar fazer “coisinhas” em casa para induzir o trabalho de parto, mesmo porque você só entrará em trabalho de parto se o seu corpo estiver pronto e o bebê também.



Então hoje vou contar para vocês algumas técnicas para que você consiga naturalmente induzir o trabalho de parto.

Como Fazer Para Entrar em Trabalho de Parto Naturalmente em Casa (indução de trabalho de parto):

Lembrando que as técnicas que vou citar abaixo podem ser feitas a partir de 38 semanas (exceto aquelas que tem observação no próprio texto).

1-Acupuntura: Estimula a atividade uterina através de pontos específicos no corpo. Precisa ser um acupunturista que faça esse tipo de trabalho, especializado em gravidez.

2-Sexo: Isso mesmo, pega o maridón ou o namorado e faça sexo e de preferência dia sim, dia não. A explicação é que o sêmen contém uma substância chamada prostaglandina que ativa o início do trabalho de parto e também ajuda a liberar ocitocina no sangue.

3-Aromaterapia: mesma coisa da acupuntura, você precisa procurar um especialista que faça esse trabalho.

4-Reflexologia: mesma coisa. Sempre que telefonar para um desses profissionais, perguntar se ele faz esse tipo de trabalho.

5-Caminhadas: Ou qualquer outro exercício como subir e descer escada em ritmo acelerado. Ajuda a empurrar o bebê para baixo com a pélvis por causa da gravidade e do balanço do quadril. Essa pressão do bebê no útero aumenta a produção de ocitocina, estimulando contrações uterinas.

6-Tomar óleo de prímula: Ajuda o colo do útero a dilatar e ficar mais fino para o trabalho de parto. Só deve ser feito com a supervisão do médico obstetra e somente depois das 40 semanas.

7-Tomar óleo de rícino: Por ser laxante e causar espasmos no instestino, pode acabar estimulando o útero a se contrair também. Só deve ser feito com a supervisão do médico obstetra e somente depois das 40 semanas.

8-Beber chá de folhas de framboesa: É um chá que ajuda a tonificar o útero, deixando-o mais forte e preparando para o trabalho de parto. Dizem que o trabalho de parto progride em um bom ritmo e não fica tão doloroso. Pode ser tomado a partir das 37 semanas, uma xícara por dia, três vezes por semana. Tomar muito pode causar efeito contrário e atrapalhar o parto.

9-Comida apimentada: Não foi comprovado cientificamente que funciona, mas se você gosta de uma comida apimentada não custa nada tentar.

10-Estimular os mamilos: Ao estimular os dois mamilos (bilateralmente) o útero se contrai, além de diminuir as taxas de hemorragia no pós parto. Ainda não foi comprovado cientificamente.

11-Homeopatia: Ainda não foi comprovado cientificamente, mas parece que o composto Caulophyllum thalictroides regula as contrações uterinas e permite com que elas sejam mais fortes do que se você não tivesse tomando a homeopatia. Eu acredito bastante no poder da homeopatia e acho que mal não faz, então vale tentar.

Espero ter ajudado.
Beijos, Thata

Fontes:
Grupo no facebook
Conversas com diversas doulas
Tua Saúde
Gestar Parir Amar

Dê a sua opinião: