Como Funciona a Amamentação

Como Funciona a AmamentacaoOi mamães Hoje eu venho aqui falar de um assunto que considero de extrema importância para quem amamenta, que é entender como funciona a amamentação para tirar da cabeça dúvidas do tipo: “Quanto leite eu tenho?”, “Por que o meu leite parece que secou depois que fiquei nervosa?” e outras perguntas mais que eu vou responder no decorrer desse texto.

Primeiro de tudo vamos falar de hormônios. A amamentação envolve dois hormônios: a prolactina e ocitocina. A prolactina é o hormônio responsável pela produção do leite materno e a ocitocina é responsável pela ejeção e a descida do leite materno.

O papel da prolactina fica claro: a produção do leite materno. O pico de prolactina é de madrugada lá pras 3:00 / 4:00 am. Por isso que a amamentação da madrugada é importante, para estimular que o seu corpo produza uma quantidade maior de prolactina cada vez mais.



Já a ocitocina é conhecido como hormônio do amor. Ela é liberada na corrente sanguínea quando a mulher entra em trabalho de parto. Ela é liberada na corrente sanguínea quando a mulher faz sexo (por isso esguicha leite quando fazemos sexo, porque ejetamos leite por causa da ocitocina). Já ouviu falar naquela ocitocina sintética para o leite descer porque o bebê nasceu de cesárea (aquele spray que você usa no nariz e guarda na geladeira)? Então, essa ocitocina não faz você produzir uma quantidade maior de leite, só vai fazer o seu leite descer mais rápido e esguichar. Vai ser mais fácil de tirar com a bomba ou amamentar. Para quem não entrou em trabalho de parto ou teve o filho de cesárea, pode ser uma boa conversar com o obstetra sobre a utilização desse artifício. Mas saiba que mais cedo ou mais tarde o seu leite vai descer (geralmente lá pelo terceiro ou quarto dia de nascido do bebê, antes disso é colostro).

O nervosismo atrapalha a ocitocina. Você provavelmente já ouviu falar de que o leite da fulaninha secou porque ela ficou muito nervosa isso é uma coisa impossível de acontecer porque quem produz leite é a prolactina. Porém é possível de acontecer momentaneamente porque o nervosismo pode bloquear a ocitocina e assim você não vai ter aquela ejeção de leite para o bebê. Isso se resolve em poucos minutos basta se acalmar. Vá para um local mais calmo, mais tranquilo, feche os olhos, pense em algo agradável e você vai conseguir amamentar normalmente.

Falando em produção de leite tá aí uma coisa difícil de mensurar mas não impossível. Você já deve ter reparado a quantidade de leite que você consegue tirar na bomba, certo?  Pois saiba que essa quantidade de leite não é a quantidade que você produz por mamada. Esse leite que você consegue tirar na bomba é o leite de ejeção que você tem. Muito provavelmente você já deve ter ouvido falar que peito não é estoque é fábrica. Então porque o peito às vezes chega a ficar duro, empedrado e pingando? Isso acontece quando você está fabricando mais do que o bebê mama. Por volta do terceiro mês de vida do seu bebê o seu leite vai se ajustar a demanda. O que infelizmente algumas mães se confundem achando que o leite secou, mas não, ele só se ajustou. Nessa época o seu peito vai parar de encher. Voltando a falar sobre a quantidade de leite que você tinha na bomba saiba isso é apenas 20% de leite que você tem, 80% do leite é fabricado na hora da mamada.

Mas então porque a gente tira tão pouco leite com a bomba? Porque não existe mecanismo perfeito quanto a boca do bebê quando faz o movimento de sucção na hora da mamada. O bebê na hora da mamada faz um movimento conjugado, alternando entre pressão positiva e pressão negativa para tirar o leite. Além da massagem que seus lábios fazem. A bomba de leite trabalha fazendo somente uma pressão negativa.

Uma boa dica pra quem quer estocar leite é tirar com uma bomba, que usa a pressão negativa e depois tirar com a mão, que usa a pressão positiva. Ou vice e versa, não importando a ordem. Associando essas duas formas de tirar leite, você consegue tirar uma maior quantidade de leite para estocar. Mas saiba que mesmo associando essas duas técnicas essa quantidade de leite que você vai tirar não vai chegar nem perto da quantidade de leite que o bebê consegue tirar.

E o sabor do leite materno? O leite materno, assim que o bebê nasce, ele é bem adocicado e conforme os meses vão se passando, ele vai se tornando salgado. Isso acontece para que o bebê aceite a comida salgada. Um bebê de mais de 1 ano, por exemplo, quando toma leite materno, está tomando um leite bem salgado.

Fazendo um resumo de tudo o que eu falei:
1-O seu leite desce no terceiro dia de nascido do bebê, antes disso sai colostro.
2-O seu leite não seca no terceiro mês do seu bebê, o seu corpo que se ajusta.
3-Amamentar a noite é super importante para a produção de prolactina, hormônio responsável por fabricar o leite materno.
4-Nervosismo não seca o leite. Mas pode fazer com que o leite não desça por alguns minutos, até você se acalmar e aí tudo volta ao normal.
5-A boca do bebê é perfeita para retirar o leite materno, pois ela trabalha com dois tipos de pressão: positiva e negativa.
6-A bomba trabalha somente com a pressão negativa.
7-Tirar leite com as mãos usa somente a pressão positiva.
8-O leite materno muda de sabor, passando do doce para o salgado para que o bebê aceite comidas salgadas.

Eu queria passar esse tipo de informação a diante porque saber de tudo isso me ajudou a amamentar. Me ajudou a ter confiança em mim e no meu corpo. Tirou várias dúvidas da minha cabeça. Se eu consegui você consegue.

Um beijo
Thata

Um Comentário:

  1. o uso de bombas não é aconselhável pois deforma os seios.
    não devemos deixar cair jatos de água quente enquanto o leite não desce.

Dê a sua opinião: