Crianças Arteiras

criança arteira de braço quebradoNão gosto dessa história de rótulos, mas como chamar aquela criança que apronta todas e vive se quebrando? Acabamos de voltar do hospital com o Eric porque ele veio chorando na nossa direção com o rosto e as mãos ensanguentados. O bebê já anda e está descobrindo o mundo. É aquela fase em que querem mexer em tudo, abrir e fechar portas de armários (já rendeu alguns dedos esmagados), mexer nas panelas, batucar na tampa da privada, subir em móveis, surfar na mesa da cadeira de refeição (quase me matou do coração nessa), escalar cadeiras (foi o que rendeu a nossa corrida de hoje para o hospital) etc.

“Meninos são mais arteiros” diz a minha mãe, mãe de uma menina (eu) e de um menino. Pelo visto não fui muito arteira, mas conheço meninas que são. Um exemplo é a Bella, filha de uma amiga (oi Dani). Com 2 anos ela subiu numa parede de escalada (para crianças mais velhas). A mãe olhou pro lado e lá foi a criança parede acima sem nenhuma proteção. Quando a mãe percebeu, a filha já estava na metade da escalada. Minha amiga começou a gritar de desespero e alguém que estava no local subiu para o resgate. Essa é só uma (entre zilhões) das histórias da Bella.




O meu pequeno ser de 1 ano e 4 meses já tem pra coleção um olho roxo de quando estávamos brincando de correr e ele se bateu e um rasgo no freio da boca (que causou esse sangue que vimos hoje). E como diz a minha amiga Dani “Eles não param, acham que são de borracha ou inquebráveis”. Se o seu filho vai ser mais levado ou mais quieto, tudo depende da personalidade. Não importa se é menino ou menina, pelo que eu vejo. Talvez a genética tenha colaborado um pouco, porque, pelo menos aqui em casa, o Papai Tagarela foi uma criança muito arteira.

E viva os nossos pequenos cheios de saúde!!!

Um Comentário:

  1. Pobrezinho =/ Espero que esteja tudo bem com ele já :)

    Meu sobrinho também vive fazendo arte, a gente acha graça mas MORRE de medo. Escala tudo e se joga também. Dia desses ele prendeu os dedinhos na porta, as unhas ficaram machucadas e já estavam pra cair. Ele ficou quietinho no canto e PÁ arrancou a primeira unha, diboa como se nada fosse, sem dar um pio. Quase matou todo mundo do coração. :)

Dê a sua opinião: