Dicas de Banheiras e Banho do Recém Nascido

Dicas de banheiras e banho do Recem nascido mamae tagarelaHoje venho aqui dar dicas sobre o banho do recém-nascido, para o papai, mamãe ou o cuidador que vai banhar o bebê.

A insegurança em dar banho em um bebê tão pequena é presente na vida das grávidas, das mães de primeira viagem e até mesmo na vida das mães de segunda viagem. Eu mesma nunca me sentir 100% segura ao dar banho nos meus filhos, tanto no Eric quanto na Mia, quando ainda eram molinhos. Medo como deixar o bebê escorregar e acabar afogando o bebê. Quem é mãe de crianças maiores sabe que, já aconteceu do bebê tomar água do banho sem querer durante o processo, não é mesmo? Então hoje vamos falar de algumas coisas que podem ser feitas para facilitar a sua vida.

Hoje em dia você encontra para vender vários tipos de banheira. Banheira com pé que fica na sua altura, banheira para ser usada na pia, banheira baixa para ser usada no chão, balde ofurô (próprio para bebês, arredondado) e um acessório bem legal chamado PUJ (veja aqui o texto sobre o PUJ). Tem banheira para todos os gostos e bolsos. O importante para escolher a banheira certa é ler bastante sobre cada uma delas.



Banheira tradicional de pé – Eu, particularmente, gosto muito da banheira de pé. Primeiro porque a minha coluna agradece, segundo porque você pode usar um acessório dentro da banheira como um “banquinho”, uma almofada própria ou uma redinha que segura o bebê e impede ele de escorregar. Ela é ótima para quem tem banheiro grande, mas quem não tem pode usar também. No meu caso eu deixava no quarto e enchia com um balde de água.

Banho de chuveiro – Uma outra opção bem legal, que usamos muito com o Eric desde o primeiro mês de vida, é o banho de chuveiro. O banho de chuveiro para dar certo é preciso da colaboração de duas pessoas: aquela que vai entrar com o bebê embaixo do chuveiro e lavar o bebê com sabão e aquela que vai pegar o bebê quando o banho acabar, secar e colocar a roupa. É bem importante que a pessoa que vai entrar com o bebê no chuveiro se sinta segura para fazê-lo. Mas uma dica de ouro, que eu aprendi com algumas amigas mães, é entrar de camisa de algodão no chuveiro. Assim você gera atrito entre o seu corpo e o corpo do bebê. Porque gente, vamos combinar que uma vez que você ensaboa o bebê ele escorrega que nem sabão. Usar uma camisa de algodão durante banho de chuveiro dá uma segurança extra. Na hora de lavar, vá lavando de pouquinho em pouquinho, em vez que colocar muito sabão e lavar tudo de uma vez só. Fazendo assim, lavando por partes, o bebê escorrega menos. Quando terminar passe o bebê para a outra pessoa que vai secar e vestir a criança. Esse tipo de banho é muito gostoso, geralmente o bebê curte muito. Recomendo.

Banheira baixa sem pé- Esse tipo de banheira é bem legal para quem tem aquelas pias grandes, de mármore. Ou você usa na pia e dá banho em pé, ou você senta no chão do banheiro e dá banho dentro do box. Se você tiver uma bancada no quarto ou na sala, que fique na sua altura, funciona bem também. Essa é a opção mais em conta de todas, mas é a menos confortável e não deixa as mamães e papais tão seguros assim.

PUJ a banheira de pia- A PUJ é uma placa de espuma macia que dobra e se molda de acordo com a pia da casa da pessoa. É prática, confortável, fácil de usar, fácil de limpar, não precisa de muita água. Mas ela não cabe em qualquer pia, precisa ter uma torneira alta ou uma cuba mais funda. E infelizmente não vende no Brasil ainda, somente na mão de revendedoras ou trazendo dos Estados Unidos.

Balde ofurô para bebês – Os baldes de ofurô devem ser fabricados para esse fim: dar banho em bebês, pois eles são arredondados. São ótimos principalmente para a fase inicial dos 3 meses, onde as cólicas incomodam muito. Eles relaxam o bebê e simulam o ambiente do útero materno, por isso os bebês curtem tanto o banho de balde de ofurô.

Dicas extras:
1-
Um curso de cuidados com o bebê pode ajudar a mamãe e o papai de primeira viagem a ficarem seguros, pois dentre outras questões, eles ensinam a dar banho no bebê.
2-Antes de começar o banho separe tudo o que você vai precisar. Se for preciso, no início faça uma lista para saber se já pegou tudo. Com o tempo vai ficando mais automático.
3-Mantenha as unhas aparadas para não machucar o bebê quando estiver dando banho ou vestindo a roupinha.
4-Se puder ter sempre alguém contigo nos primeiros meses de banho fica mais fácil, pelo menos até o bebê ficar mais durinho.

Seguindo todas essas dicas você vai se sentir mais segura e o banho vai ser um sucesso.

Foto:
Hobo Mama

Um Comentário:

  1. Adorei.
    Posso dar outra dica que aprendi depois de ver o olhinho do meu bebê super vermelho? Experimentar em você todos os produtos antes, de preferência passando nos olhos!
    Depois que meu filho se irritou com uma marca de shampoo que dizia nao produzir lagrimas, meu rosto passou a ser o teste de qualidade do meu pequeno, sempre esfrego no meu olho o shampoo e sabonete líquido novo para saber se é seguro passar nele. Não que eu vá lavar os olhos dele, mas acidentes acontecem e as vezes pode cair algo no olhinho dos pequenos.

Dê a sua opinião: