Dicas Para o Seu Filho Dormir Melhor

Bebê dormindo - Dicas para seu filho dormir melhorComo fazer o meu bebê dormir a noite toda?

O seu bebê não tem dormido direito? Acorda várias vezes à noite? Não consegue voltar a dormir sozinho?

Eu estava tendo problemas desse tipo agora, com 1 ano e 3 meses de maternidade. Eu só conseguia pensar “poxa vida, o Eric não me dava esse trabalho pra dormir quando era recém nascido e nem ficava acordando a noite toda”. A verdade é que o sono do bebê muda conforme vai passando o tempo e não estou falando só de horas dormidas.

Pedi socorro ao meu grupo de amigas mães e elas me deram sugestões maravilhosas para o bebê dormir melhor. Vou dividir essas dicas com vocês para, quem sabe, conseguir ajudar alguém como eu fui ajudada, porque é desesperador não dormir direito por semanas a fio e durante o dia ficar no “zumbi mode” e não conseguir fazer nada direito.



  • O bebê deve dormir no seu berço (ou na sua própria cama) – pois se acordar no meio da noite não vai estranhar o local que está dormindo e terá mais facilidade de voltar a dormir sozinho. Vou começar falando pelo principal problema aqui de casa. O Eric sempre gostou de dormir embalado e como ele está muito pesado eu estava embalando ele no carrinho. Muito mais fácil pra mim, muito mais fácil pra ele, mas na madrugada ele queria voltar pro carrinho. “Ah, então não posso embalar o bebê nos meus braços e depois coloca-lo no berço?” Você pode embalar o bebê nos braços e coloca-lo no berço já sonolento, porém ainda acordado. Todo mundo acorda algumas vezes durante a noite, mesmo que não abra os olhos. Para o adulto é muito fácil virar para o lado e voltar a dormir, aliás, nós adultos, muitas vezes, nem sentimos essa “acordada” no meio da noite, mas ela acontece! Já o bebê tem essa dificuldade. Então, acordar no mesmo lugar em que ele dormiu vai ajuda-lo a voltar a pegar no sono e dormir melhor.
  • Ritual de dormir – Todo bebê e toda criança precisa de um ritual antes de ir pra cama/berço. Eu acho isso importante até para um adulto. No ritual você pode incluir coisas do tipo: guardar brinquedos, contar uma historinha, dar boa noite para as pessoas ou para os cômodos da casa, tomar um banho, botar pijama, ligar o white noise, beber o leite, escovar os dentes e aí sim você nina (ou não nina se for maiorzinho), canta uma musiquinha calma e cama/berço. No seu ritual você não precisa fazer isso tudo, 3 ou 4 coisas já ajudam a criança a associar que é hora de dormir. No(s) cochilo(s) da tarde o ritual pode ser mais curto, mas tem que estar presente também.
  • Desligar a TV até 1h e 30 min antes do seu filho(a) ir dormir – Se o seu filho assiste televisão, ele precisa desse tempo para começar a relaxar. Isso inclui não fazer brincadeiras que vão agitar o bebê nesse período, como correr, pular, jogar bola. Ele precisa desse tempo para começar a acalmar e desacelerar. Tente fazer brincadeiras mais calmas, como pintar e desenhar, encaixar blocos etc.
  • A naninha "Dona Girafa" ajuda o Eric a se sentir mais seguro e a dormir melhorNaninhas – naninhas e paninhos são os famosos objetos de transição. Dão segurança ao bebê no berço. Se eles acordam de madrugada e encontram o seu objeto de transição fica mais fácil para que eles voltem a dormir sozinhos. O Eric tem 3 naninhas e 1 paninho (a Dona Girafa) com ele na cama. O ideal é o bebê já segurar o paninho quando estiver mamando o último mamá do dia, pois o ajudará a entender que é hora de relaxar e dormir.
  • Rotina – acho que a rotina deve ser aplicada depois dos 3 ou 4 meses de vida. No início o bebê é muito pequenininho para seguir uma rotina e, além disso, ele e a mamãe ainda estão se conhecendo. Mas a rotina é importante e toda criança precisa dela. Tem que ter hora de acordar, tem que ter hora certa do almoço e do jantar. Tem que ter hora do lanche, hora do cochilo, hora de dormir. O bebê que segue uma rotina é um bebê que consegue dormir melhor.



  • Mamada dos sonhos – Uma dessas autoras famosas (eu não sei quem) fala dessa mamada dos sonhos. Eu nunca li sobre. O que eu aprendi foi através de amigas. Essa dica só funciona para bebês pequenos. Pro Eric só funcionou até os 8 meses. Quando o bebê vai dormir, nem sempre os pais vão dormir logo em seguida (filminho de noite com o Papai Tagarela heim?). Então bem antes de vocês, papai e mamãe, irem dormir, peguem o bebê no colo e dêem uma mamadeira bem grande (sim, com ele dormindo, sem acordá-lo). Ou, se o bebê mama no peito, dê o peito por uns 20 minutos pelo menos. Faça arrotar (se for bebê pequeno) e berço. Bom, eu trocava a fralda logo depois do leitinho pra garantir que seguraria a noite toda, mas fazer isso sem acordar o bebê é um trabalho de ninja, mas pode (e deve) tentar.
  • Nada de mamar de madrugada – Isso vale para quem dá mamadeira. Depois de 4 meses o ideal é cortar essa mamada da madrugada. Como fazer isso? Ir diluindo o leite para fazer o bebê perder interesse. Você pode dar esse leite durante o dia. 6 mamadeiras diurnas. Não precisa ser durante a noite. O seu bebê não vai morrer de fome por causa disso. Não sou expert nesse assunto porque o Eric nunca foi de querer mamar de madrugada. Nem quando era recém nascido. Mas sempre ouço falar nessa dica.
  • Nada de dormir mamando – Se a criança dormir mamando ela vai associar a mamada com o sono. Toda vez que acordar de noite vai precisar mamar para conseguir dormir. “Ah, mas ele dorme mamando, como faço?” Você vai dar a mamadeira ou o peito e antes de colocar no berço fala com o bebê, dá uma boa noite, um beijo, pra ele dar uma leve acordada mas continuar sonolento, aí você coloca no berço assim.

Apesar dessas dicas, não se esqueçam de que cada criança é de uma maneira. Bebês e crianças não são receita de bolo, o que funciona pra mim pode não funcionar para você. Dessas dicas, duas me ajudaram muito. Além das dicas, também comecei a usar floral de Bach, uma opção natural, para auxiliar no relaxamento e no sono.

Mesmo que as dicas funcionem, bebês acordam de madrugada, é normal. O que não pode é acordar todos os dias o tempo todo, por rotina, sabe? Bebês acordam quando tem dente nascendo, bebês acordam quando estão doentes, bebês acordam quando estão gripados e bebês acordam porque perderam o sono. Ah sim, e bebês pequenos acordam com fome! Nesses casos só muita paciência, muito carinho, muito beijinho. Se você, mamãe, ainda estiver em casa de licença maternidade (ou se não estiver trabalhando), aproveite pra dormir durante o dia enquanto o bebê cochilar.

Quero agradecer aquelas que me fizeram aprender isso tudo, minhas amigas mães: Cecília Rezina, Luciana Pereira Xavier, Gabriele Leão Nichele, Leila Tau, Juliana Gonzalez, Nathalie Miguel, Ingrid Machado, Ligia Miguel, Adriana Menezes Salgueiro, Muriel Kunz, Daniele Chaves. Não há uma ordem, todas foram importantes, todas me ajudaram muito. Muito obrigada!

Dê a sua opinião: