Dor no Sexo no Pós Parto e Após uma Cesárea

Pesquisas mostram que a maioria das mulheres sentem dor na relação sexual depois de terem bebê, mesmo que o nascimento tenha sido por parto normal ou por cesárea. Mas um estudo feito na Austrália mostrou que mulheres que tiveram filhos por cesárea tiveram 2 vezes mais dor até 18 meses após o parto comparado com mulheres que tiveram parto normal sem episiotomia.

Mas o que causa essa dor e como tratar?



Quando eu posso fazer sexo depois de uma cesárea?
A maioria dos médicos recomenda esperar pelo menos 6 semanas após o nascimento do bebê. Isso se aplica a quem teve parto normal e quem teve cesárea. Isso porque leva em torno de 6 semanas para o cervix fechar completamente e qualquer sangramento pós parto (lóquio) parar.

Esse tempo também é importante para os eu corpo se recuperar da cirurgia. O corte da cesárea precisa de tempo para curar e pode ser que tenha algum hematoma e/ou dor no redor do corte da cesárea por um tempo.

A verdade é que algumas mulheres vão precisar mais do que 6 semanas para voltarem a ter uma vida sexual depois de uma cesárea, dependendo de como a mulher se sente fisicamente e psicologicamente. Então respeite o tempo mínimo e se precisar tome mais tempo, ouça o seu corpo.

Mas por que o sexo causa dor após uma cesárea?
Mesmo esperando as 6 semanas após o nascimento do bebê para fazer sexo novamente, algumas mulheres sentem dor durante o coito, o que pode ser muito estressante.

Essas mulheres relatam que sentem dor como uma queimação ou até mesmo uma pressão interna.

Aqui vão as principais causas da dor durante o sexo no pós parto e após uma cesárea:
1-Baixos níveis de estrogênio – O hormônio ajuda a manter os tecidos da vagina bem lubrificados, elásticos e saudáveis. Amamentar também pode baixar os níveis de estrogênio. O que significa que, durante o sexo, a mulher pode sentir muita dor e desconforto por causa se ressecamento e fricção.

Para melhorar a situação, use um lubrificante próprio para o sexo antes da penetração.

Em alguns casos, a mulher vai precisar usar um creme de estrogênio para o ressecamento vaginal. Por favor, converse com o seu (a sua) ginecologista-obstetra, não se auto medique.

Geralmente esse problema irá se resolver com o retorno da menstruação, já que os leveis de estrogênio irão subir.

2-Dor na cicatriz da cesárea – O corte mais usado hoje em dia na cesárea é o “biquini”, que é um corte horizontal logo abaixo da linha do biquiní, logo acima dos pêlos pubianos.

Quando o corte se fecha, a cicatriz não é apenas na linha da pele, a cicatriz também está em vários tecidos abaixo e no útero. Essas linhas de cicatriz ficam com baixo fluxo de sangue e podem ficar bem sensíveis ao toque.

Durante o sexo, as mulheres preferem que essa região da cicatriz não seja tocada. Elas podem ficar surpresas quando perceberem que podem sentir dor internamente, mesmo quando o corte já parece estar curado.

A cicatriz que se forma pelo corta da incisão da cerárea, pode fazer com que os músculos em torno fiquem doloridos, assim como o clitóris. Os ligamentos que vão do útero até os grandes lábios, podem ficar aderidos (presos) na cicatriz da cesárea e alguns movimentos podem causar dor ou desconforto na vagina.

Felizmente a cicatriz pode ser trabalhada e até mesmo corrigida, fazendo com que o tecido cicatricial fique mais flexível. Isso é feito por fisioterapeuta., que faz trabalhos de manipulações para amolecer e reduzir aderências, fazendo com que aquela sensação de que tudo está preso na cicatriz melhore e também melhorando a dor e o desconforto.

3-Disfunção do assoalho pélvico – Existe um mito de que problemas no assoalho pélvico só ocorrem com mulheres que tiveram parto normal.

A grande culpada é a gravidez, porque faz com que músculos e tecidos que se conectam desde a parte da frente até a parte de trás da pelve se estiquem e se machuquem.

Isso pode fazer com que os músculos do assoalho pélvico fiquem enfraquecidos. Esses músculos se espasmam e se tornam muito tensos, levando ao sexo doloroso. As mulheres sentem dor generalizada na vagina, ou em um local específico, como um ponto logo acima do colo do útero. A ansiedade sobre o sexo doloroso pode causar mais tensão, o que leva a dor adicional durante a relação sexual.

Você pode procurar ajuda de uma fisioterapeuta qualificada, para re-treinar seu assoalho pélvico. As terapias incluem relaxamento do assoalho pélvico, respiração diafragmática, dilatadores vaginais e às vezes relaxantes musculares.

É importante dar tempo ao seu corpo para se recuperar da cesárea. Converse com o seu parceiro para ele entender a situação e peça para ele ser gentil à medida que vocês voltarem a fazer sexo. Se a dor continuar, converse com o seu ginecologista-obstetra todos esses pontos citados nesse texto e peça uma indicação de fisioterapeuta que trate da saúde íntima da mulher.

Aproveite também para ver o vídeo sobre o assunto:

Fonte: Belly Belly 

1 comentário

  1. fabiana comentou

    oi bom dia tive cesariana e não fiquei com dor,a unica coisa é que não sinto mas a região que foi cortada.

Deixe seu comentário!