Empedramento (Ingurgitamento Mamário) – Guia Rápido de Cuidados

O empedramento ocorre quando algum leite ficou parado na mama, adquirindo uma consistência mais viscosa e formando nódulos que podem variar de tamanho e local, causando desconforto e podendo evoluir para outras complicações. 

Minhas clientes sempre pedem orientações rápidas sobre como evitar e lidar com um empedramento, então fiz um guia prático para ajudar na prevenção e alívio dos sintomas.

ATENÇÃO: O objetivo é ajudar as mães com os primeiros sintomas, e não substituir a consulta a sua consultora/médica/cuidadora. Especialmente se a mãe apresentar uma ou mais das condições abaixo:

  • O empedramento não alivia com as medidas citadas abaixo.
  • A mãe não consegue posicionar o bebê corretamente no seio.
  • O bebê não tem o número suficiente de fraldas cheias para o seu tempo de vida : após o 4º dia de vida em média, o bebê deve ter de 4-6 fraldas de xixi por dia e 2-3 fezes, que em  alguns dias após a descida do leite, deve estar amarelo mostarda com grumos.
  • A mãe possui sintomas de mastite -> seios avermelhados e muito doloridos, febre alta, dores no corpo, sintomas de gripe.
  • A mãe possui dúvidas sobre o assunto.



EMPEDRAMENTO (Ingurgitamento Mamário)

I-Prevenção
Amamente com frequência: Não pule mamadas (intencionalmente), incluindo as noturnas. Se por qualquer razão você não estiver oferecendo a mama ao seu bebê, ou se ele ainda não acertou a pega, lembre-se de ordenhar o leite para que a produção seja mantida. O leite ordenhado pode também ser oferecido ao bebê por outros métodos
Amamente em livre demanda: Não deixe que passem muitas horas até a próxima mamada. Caso o seu bebê durma muito, verifique o estado das mamas para que, se preciso for, seja ordenhado um pouquinho do leite, apenas para alívio.
Não limite o tempo do bebê em cada seio: Deixe que ele mame até largar a mama ou durma. Em seguida, ofereça o outro seio. Se ele não quiser, tudo bem. O importante é sempre oferecer.
Verifique se a pega está correta para que o bebê possa efetivamente “esvaziar” a mama: Os lábios do bebê devem estar virados para fora. Mais aréola deve ser vista na parte inferior da mama. O bebê deve sugar de forma mais lenta e compassada. Às vezes é possível ouvir o barulho do bebê engolindo.

II-Sintomas – Onde?
Corpo da Mama e/ou Aréola (um ou dois seios ao mesmo tempo): 
Sensação de “pedra” ou nódulo de leite espesso acumulado.
Seios (corpo da mama): Mamas rígidas, com pele muito esticada, às vezes com aparência brilhosa, podendo latejar. O empedramento pode se estender até a região da axila.
Aréola (parte mais escura da mama, ao redor do bico): Normalmente rígida, com a pele esticada que também pode parecer brilhante. A aréola pode aumentar de tamanho e parecer bem plana e tensa, dificultando bastante a pega correta.
Todo o Corpo: Febre baixa pode aparecer.

III-Dicas de Alívio – O que fazer?
Massagear as mamas – 
Antes das Mamadas – da base da mama em direção ao mamilo.
Compressas Frias – 
Antes/Entre as Mamadas – Compressas de gel geladas, compressas de gelo (bem protegidas com uma fralda ou toalha)
Calor úmido – Pontualmente para auxiliar na saída do leite. – Vapor nas mamas / chuveiro quente sobre o corpo (indiretamente nas mamas) pode fazer com que o fluxo de leite melhore. Não ajudará com o inchaço, podendo piorar.
Amolecer a Aréola – Antes das Mamadas – Ordenhar manualmente um pouco do leite até que sinta a aréola maleável novamente.
Massagear a mama – 
Durante a mamada – Movimentos circulares da base para o centro, se possível.
Refazer a pega – 
Durante a mamada – Após o início da mamada o bebê já retirou algum leite o que pode deixar a aréola mais maleável. Tente reposicioná-lo caso sinta que a primeira pega não foi muito boa.
Ordenha de Alívio – Entre as Mamadas – Caso os seios estejam muito desconfortáveis com a sensação de estarem cheios faça a ordenha manual (pode ser feita com a elétrica desde que na potência mínima e por não mais que 10 minutos) apenas até sentir que a aréola ficou maleável novamente.
Compressa fria com Repolho verde – Entre as Mamadas – Lave e congele folhas de repolho verde separadas. Quando congeladas, corte círculos no centro, de forma que haja espaço para que toda a aréola fique de fora. Deixe por até 20 minutos e não utilize mais que 3 vezes ao dia.
Ibuprofeno – Pontualmente para auxiliar na dor. – Tem se mostrado eficiente para alívio da dor e inflamação. Procurar o seu médico, obstetra ou cuidador para conversar sobre o uso e dosagens.

Aprenda como escolher o situã certo de amamentação.

Segue a versão em tabelas para você poder imprimir ou pinar no Pinterest. Se quiser ver melhor, é só clicar na imagem para ampliar.

empedramento prevencao com logo

empedramento sintomas com logo

empedramento dicas de alivio 1 com logo

empedramento dicas de alivio 2 com logo

 

camilla mendes consultora em amamentacao rio de janeiro

Camilla Mendes é Consultora em Amamentação e Educadora Perinatal e atua na cidade do Rio de  Janeiro.
Tel: 21 99688-3111 (what’s app)
E-mail: moira.consultoria@gmail.com
Facebook Moira Consultoria em Amamentação e Educação Perinatal

Dê a sua opinião: