A importância das Crianças Beberem Água

A importancia das Criancas Beberem aguaUma pesquisa de Harvard que avaliou mais de 4000 mil crianças e adolescentes chegou a conclusão que mais da metade delas estava desidratada pelo fato de não ingerirem água suficiente. Isso nos serve de alerta para começarmos a criar o hábito de beber água em nossos filhos desde bem pequenos.

Enquanto o bebê mama exclusivamente no peito, o leite materno é completo. Ele não precisa de água, essa opinião costuma ser geral entre pediatras e nutricionistas (quem precisa beber bastante água para garantir uma boa produção de leite é a mãe). Mas quando começamos a introdução alimentar no sexto mês, o bebê começa a mamar menos, consequentemente começa a ingerir menos líquidos, sem contar que os alimentos sólidos que começam a entrar em sua alimentação faz com que os bebês precisem de água para a boa digestão e o bom funcionamento do corpo.

Algumas mães relatam a facilidade do bebê aceitar água (que foi o meu caso) mas outras dizem sofrer bastante com isso e aí ficam desesperadas tentando arrumar diversas maneiras de conseguir que o seu filho beba água. Hoje, vamos falar da importância do bebê ingerir água e como isso pode ser feito de diversas formas, até que ele crie esse hábito de beber água algumas vezes por dia.



O recém nascido possui em seu corpo 79% de água, nas primeiras semanas de 70 a 75% e no primeiro ano de vida de 60 a 65% de água. Esses dados nos mostram a importância de oferecer água aos bebês após os 6 meses de vida (caso seu filho beba leite de vaca ou leite de fórmula, precisa ingerir água antes dos 6 meses). Muitas vezes, nós mesmos não ingerimos a quantidade necessária diariamente, principalmente no verão, pois perdemos muito líquido através do suor. Então, podemos começar a mudança de hábito por nós mesmos, assim, através do exemplo, seu filho verá você todos os dias bebendo água. Acredito que isso possa ser um bom incentivo!

Qual é a atuação da água no organismo da criança? Ela se faz necessária para o crescimento e para um melhor funcionamento do organismo, como rins, bexiga e intestino, combatendo também a prisão de ventre, ajudando na absorção de nutrientes e regulando a temperatura corporal. O não consumo regular de água pode causar desidratação (principalmente nos dias mais quentes), dor de cabeça, câimbra, irritabilidade, fadiga física e mental. Devemos nos atentar que a criança raramente vai pedir água, ainda mais quando eles estão brincando, ficam entretidos e não querem dar pausa na brincadeira para a água, mas se faz necessário.

Qual será a quantidade necessária por dia para oferecermos a nossos filhos?

  • Bebês de 6 meses a 2 anos de idade: oferecer água 5 vezes ao dia, aproximadamente. Consumo de cerca de 30 a 60 mL por vez.
  • Crianças de 2 a 5 anos de idade: oferecer água 6 a 8 vezes ao dia, aproximadamente. Consumo de cerca de 100 a 150 mL por vez.
  • Crianças maiores e adolescentes: 6 a 8 vezes ao dia, aproximadamente. Consumo de cerca de 200 a 300 mL por vez.
  • Adultos: 8 a 10 vezes ao dia, aproximadamente. Consumo de cerca de 200 a 300 mL por vez.

E quais são as dicas para os bebês e crianças que não gostam de água?

  • Primeiro de tudo, o exemplo é um grande incentivo! Beba água na frente do seu filho(a).
  • Ache um copo que ele goste e se adapte, colorido, com bico macio, de alças ou até mesmo de canudo.
  • Coloque duas rodelas da fruta preferida dele: pode ser laranja, limão, morango, cereja.
  • Faça uma rotina: ofereça água ao acordar, depois das refeições, antes ou depois de brincar, depois dos exercícios.
  • Compre livros que incentivem o consumo de água, com histórias que mostrem o personagem principal bebendo água.
  • Fale da importância da água na vida dele(a)

Fonte:
Guia do Bebê
Guia Infantil
Rachel Nutricionista

Dê a sua opinião: