Já Tentei de Tudo e Meu Filho me Enlouquece – Resenha

Já Tentei de Tudo e Meu Filho Me Enlouquece são dois livros escritos pela psicoterapeuta especialista em comportamento infantil Isabelle Filliozat, e ilustrados pela Anouk Dubois, o que torna as dicas dos livros muito mais fáceis de entender. Os livros foram lançados no Brasil pela Editora Sextante e é fácil de encontrar em qualquer livraria por um preço acessível e também pode encontrar na Amazon Brasil tanto o livro impresso, quanto e-book. Os links estão abaixo:

Aqui o link do livro impresso “Ja tentei de tudo”
O link do Ebook “Ja tentei de tudo”
O link do livro impresso “Meu filho me enlouquece”
O link do Ebook “Meu filho me enlouquece”

Um pouco sobre a autora:

Isabelle Filliozat é psicoterapeuta e fundou a Escola de Inteligência Emocional e Relacional em Paris. Isabelle criou a teoria terapêutica a Empatia Integradora, com base em seus estudos e experiências pessoais e é através dessa visão que ela nos conta e explica muita coisa importante sobre comportamento infantil e criação de nossos filhos, dando dicas incríveis e super fáceis de aplicar no dia a dia nos seus dois livros: o Já Tentei de Tudo (1 a 5 anos) e o Meu Filho Me Enlouquece (6 a 11 anos).

Sobre os dois livros:

Terminei de ler os dois livros e tive a impressão de que são livros para serem deixados na cabeceira da minha cama e que precisarei consultá-los de tempos em tempos, conforme as crianças forem crescendo. São como bíblias do comportamento infantil que servem para serem consultados sempre que a criança apresentar uma mudança no comportamento.

O livro Já Tentei de Tudo trata de comportamentos típicos de crianças de 1 a 5 anos e o livro Meu Filho Me Enlouquece de comportamentos típicos de crianças de 6 a 11 anos. A idéia é um livro completar o outro, mas a verdade é que, assim como a própria autora diz no início do primeiro livro, não necessariamente a criança terá um comportamento típico da idade, porque cada criança se desenvolve em uma velocidade, então ela pode apresentar comportamento de uma criança mais velha ou de uma criança mais nova, ou até mesmo apresentar comportamento de mais de uma fase.

No livro, eu enxerguei que a Mia, atualmente com 2 anos e 4 meses, se encaixa nas fases de comportamento de 2 anos, 2 anos e meio e também 3 anos. Já o Eric, que fará 5 anos em poucos dias, consegui vê-lo nas fases de 5 anos e 6 anos.

Então a melhor forma de aproveitar os dois livros é ler os dois por inteiro, marcando as dicas e mais tarde voltar somente nas fases pela qual a criança se encontra.

Os dois livros são de leitura simples, fáceis de entender, divididos por etapas e com dicas diretas e fáceis de serem aplicadas no dia a dia. As ilustrações de Anouk Dubois são essenciais para compreender as dicas da autora, facilitando o entendimento do livro.

Isabelle explica cientificamente, fazendo nós pais refletirmos sobre cada fase que a criança se encontra: o que se passa na cabeça das crianças, por que eles se comportam daquela determinada maneira e como se sentem e reagem de acordo com as nossas reações. Assim, ela consegue nos conduzir a agir e ajudar nossos filhos a passar pelas suas dificuldades da melhor forma.

Os livros não prometem erradicar a birra, mas nos prometem aprender a lidar com ela, de forma que as crianças vão conseguir amadurecer para a vida e aprender a lidar com seus problemas.

Já tentei de tudo – de 1 a 5 anos

Alguns tópicos que eu achei interessantes:

  • O que é pirraça? O que está acontecendo? Crises de raiva e outras tempestades emocionais.
  • Ela ignora as regras. Ela faz o que eu acabei de proibir. Ela me olha nos olhos quando faz algo proibido.
  • Ela quer tudo imediatamente.
  • Ela fica em prantos quando me afasto.
  • A fase do não. Ela se opõe. Fica frustrada e grita. Ela bate, morde e puxa os cabelos.
  • Ela não quer ir embora da pracinha.
  • Ela tem medo de coisas novas.
  • Ela não quer dormir.
  • Ela não atende quando eu chamo.
  • Ela se recusa a comer.
  • Ela fala palavrões.
  • Ela quer fazer tudo sozinha.
  • Ela quer tudo.
  • Ela não sabe o que quer.
  • Ela sabe as regras, mas não as respeita.
  • Fase do imaginário, fantasias e pesadelos.
  • Ela desenha, pinta, rasga, qualquer coisa e diz que não foi ela.
  • Ela é tímida.
  • Ela não sabe conter a língua.
  • Coinsciência de si e dificuldade de socialização.
  • Ela é envergonhada.
  • Ela demora horas para se vestir.
  • Ela faz perguntas demais.
  • Como impor limites (recusando e acolhendo as emoções). Como dar instruções em vez de proibir. Como responsabilizar em vez de gerar culpa. Punições. Gritos. Desvalorizações. Tapas, cascudos e palmadas. Castigo. Rejeição. Consequências naturais e lógicas.
  • Brigas entre crianças (irmãos por exemplo) e como lidar com elas.
  • Ela copia a criança mais velha.
  • Ela não quer brincar com a amiga.
  • Ela mente.
  • Arrumação do quarto.
  • As crianças de hoje são piores do que as do passado?

Comentários:

Quando o Eric era pequeno e entrou na fase das birras (os famosos terríveis dois anos) eu já tinha ouvido falar bem desse livro e já queria ler. Como eu já morava fora do Brasil, achei que seria difícil ter acesso ao livro, eu não sabia que podia comprar o E-book dele na Amazon Brasil.

Muitas amigas que leram o livro me falavam que era realmente bom, com dicas muito boas e fáceis de aplicar e isso me atiçou a curiosidade na época.

Agora esse livro está sendo relançado com nova capa, o primeiro foi publicado em 2014.

Agora que li livro, o meu único arrependimento foi não ter lido antes, pois já comecei a colocar algumas dicas em prática aqui em casa, com a Mia (que está em uma fase muito difícil de lidar) e já vejo resultados.

Venho notado que as birras da Mia estão mais curtas e passam logo com essa minha nova forma de lidar com a situação. E isso tem melhora o meu relacionamento com a minha filha e da minha filha com o meu marido também.

A Mia tem estado em uma fase tão tensa que andava até difícil de curtir a nossa filha e agora ela parece outra pessoa.

As birras continuam existindo, é claro, faz parte da idade, mas agora ficou mais fácil de encarar cada vez que ela tem um crise, como se jogar no chão do mercado, ou quando grita e bate em alguém.

Por último, mas não menos importante: esse livro me fez chorar no final, com as refleções que ele me trouxe. Me fez rever meu jeito de lidar com meus filhos e repensar algumas atitudes.

Caso você tenha se identificado com alguma dessas questões abordadas nesse livro, saiba que esse livro pode te ajudar (e muito)!

Meu filho me enlouquece – de 6 a 11 anos

Alguns tópicos que eu achei interessantes:

  • Ela está dando um ataque.
  • Ela é agressiva.
  • Como fazê-la mudar de comportamento?
  • Ela fica nervosa diante da menor frustração.
  • Ela quer chamar atenção.
  • Ela está sempre carente.
  • Ela fica o tempo todo grudada em mim.
  • Ela nunca me conta nada.
  • Os amigos dela não a querem no time.
  • Ela sempre quer ganhar.
  • Brigar de mentirinha.
  • A farra sempre acaba em choro.
  • Ela está furiosa.
  • Ela tem medo de cachorro.
  • A idade do imaginário. Ela tem amigos imaginários.
  • Ela mente para mim.
  • Ela não quer nem provar.
  • A idade da razão.
  • Ela nega se vestir sozinha.
  • Eles não ajudam a fazer nada em casa.
  • Ela faz xixi na cama.
  • Ela não suporta etiquetas.
  • Ela mastiga a comida e não engole. Ela quer comer sempre a mesma coisa.
  • Ela quer um sutiã (quer coisas de adultos).
  • Ela mente para os amigos.
  • Ela sempre faz o que é proibido.
  • Ela fingue que não ouve.
  • Ela é desastrada.
  • Ela só funciona na base da recompensa.
  • Ela perde o interesse nas atividades em poucas semanas.
  • Ela não para quieta, não consegue se concentrar.
  • Ela tem cacoetes.
  • Ela tem TOC.
  • Não dá para confiar nela.
  • As premissas da adolescência.
  • Ela larga as coisas dela em tudo que é canto.
  • Ela gosta de jogos violentos.
  • Como é tudo isso para nós pais.
  • Fico nervosa e começo a gritar.
  • Nossos filhos nos imitam.
  • Ela está me provicando.
  • De onde vem essa agressividade?
  • Algumas informações e recursos suplementares.

Comentários:

Esse livro é novidade, sendo lançado esse ano e a idéia é ser uma continuação do livro anterior.

Essa é a fase da pré adolescência. Eu não tinha noção de que crianças pequenas poderiam agir como mini adolescentes até o Eric chegar na idade que ele está agora, perto dos 5 anos. Já consigo inclusive colocar em prática algumas dicas desse livro que eu achava que só iria me servir daqui a 1 ano, mas pelo visto não é bem assim, já está me servindo bastante.

Resumindo, se você curte a visão da criação com apego, empatia e amor, você vai gostar bastante dos dois livros. Se você não segue muito essa linha, tenho certeza que vai passar a enxergar as necessidades do seu filho (a) e se colocar no lugar dele em várias situações do dia a dia, melhorando inclusive o relacionamento e o convívio de vocês dois.

 

Os links para os livros na Amazon Brasil são esses abaixo:

Livro impresso “Ja tentei de tudo”
Ebook “Ja tentei de tudo”
Livro impresso “Meu filho me enlouquece”
Ebook “Meu filho me enlouquece”

Você também consegue encontrar o livro impresso nas livrarias.

NO VÍDEO ABAIXO EU LEIO ALGUMAS DICAS QUE ESTÃO NO LIVRO:

Espero que você goste tanto quanto eu gostei.
Boa leitura.
Beijos, Thata.

 

Deixe seu comentário!