Mãe de Menino – 8 Coisas Importantes Que Eu Aprendi

Mãe de menino - Eu e Eric, meu menino lindo

O aniversário de 4 anos do Eric está chegando! São quase 4 anos de maternidade, são quase 4 anos que eu sou mãe de menino. Também tenho uma menininha de 1 ano chamada Mia e desde que ela nasceu eu não pude deixar de comparar como é ser mãe de menina e como é ser mãe de menino. Por isso hoje eu resolvi colocar em palavras como é ser mãe de menino.

1-Meninos são maiores e mais pesados.
Eles nasccem mais pesados, maiores e assim continuam o resto da vida. Eric cresceu muito rápido enquanto a Mia continua bem pequenininha.

2-Meninos comem muito mais.

Eric sempre mamou muito. Precisou de complemento e tomava mamadeiras de mais de 200 ml cada. 220ml cada, as vezes. Na introdução alimentar ele gritava comigo se eu demorasse entre uma colherada e outra. Era assustador. Enquanto Mia eu preciso praticamente implorar para ela comer alguma coisa até hoje.
Hoje em dia ele ainda come muito bem, mas é um menino magro (e nem é muito alto). Acredito que ainda vamos ter muito prejuízo financeiro com a alimentação dele hehehe.



3-Meninos precisam de beijos e abraços.
Pode ser que o seu menino não goste muito de grude como a sua menina. Aqui em casa é assim, Mia quer ficar colada, beijando, abraçando o tempo todo. Já o Eric nunca foi assim, nem quando tinha a idade dela. Mas isso não significa que ele não precise de carinho. Mesmo com ele empurrando eu dou beijos e abraços e no final isso vira uma brincadeira gostosa e com muitas risadas.
Obs: claro que se o seu filho realmente não estiver curtindo, você precisa dar esse espaço à ele.

4-Meninos são mais agitados.
Eric e Mia, filhos do mesmo pai e mesma mãe, criados na mesma casa e com o mesmo tipo de criação, eu posso afirmar que Eric sempre foi muito mais agitado do que a Mia. Na idade dela ele subia no sofá e tentava sucídio. Tanto que tivemos que encostar o sofá na parede para evitar isso. Ele com 1 ano já corria enquanto Mia ensaiava os seus primeiros passinhos. Ele sempre foi muito mais elétrico, correndo para todos os lados e escalando tudo. Ela não tem metade da agitação que o irmão tinha.
Essa pergunta eu fiz para várias mães de casais, antes da Mia nascer. e todas afirmaram que os meninos eram sim mais agitados.

5-Meninos são mais grudados na mãe.
Assim como meninas são mais grudadas no pai. Já ouviu falar de complexo de Édipo ou complexo de Electra? É uma teoria da psicanálise que diz que entre 3 a 6 anos o menino fica mais apegado à mãe, que é a fase da formação da libido e do ego. Édipo é no caso nos meninos com as mães e Electra no caso das meninas com os pais. É nessa fase que o seu menino vai ser apaixonar pela mãe e vai virar um grudinho.

6-O seu menino vai querer brincar de boneca.
Boneca, casinha, fogão etc. Assim como a sua menina vai querer brincar de carrinhos, monstro, dinossauro etc. E tudo bem! São apenas brinquedos. Além de que brincar de faz de conta, imitando o mundo real, é muito importante para o desenvolvimento das crianças. Se o seu menino brincar de boneca, CUIDADO, ele pode estar se transformando em um bom pai. Brincadeiras a parte, lembre-se que são apenas crianças e brincando com brinquedos inocentes.

7-Meninos também choram.
Eu tenho a impressão que pais e mães de meninos acreditem que, por se menino, vai ser mais duro na queda. Por isso eu achei importante lembrar que não é bem assim. Meninos também choram e tudo bem. São pessoas com sentimentos. Ficam tristes assim como também ficam felizes. Não há nada de errado de ver o seu menino chorando. Se ele chorar, abrace-o.

8-Ensine CONSENTIMENTO ao seu filho.
É importante criar homens que respeitem as mulheres nessa sociedade louca em que vivemos. Pais e mães de meninas têm sempre o cuidado de ensinar sobre segurança, mas os pais e mães de meninos sempre esquecem de ensinar aos seus filhos homens sobre consentimento.
Se a amiguinha não quer beijo, não pode forçar. Se a amiguinha não quer abraço, não pode forçar. É desde cedo que ensinamos essas coisas para os nossos meninos, para que eles cresçam sabendo respeitar as mulheres.

Concluindo os meus pensamentos aqui: eu amo ser mãe de menino, acho uma delícia ter o meu filho ao meu lado todos os dias. Ainda quero um terceiro filho e espero que venha outro menino. Mas se vier menina vai ser maravilhoso também!
Bjs, Thata

Deixe seu comentário!