Não Me Pergunte Se O Meu Bebê Já Nasceu

Nao Me Pergunte Se O Meu Bebe Ja NasceuOcorreu comigo mas vi ocorrendo com amigas minhas também a seguinte situação: você chega no final da gestação e as pessoas começam a telefonar, mandar what´s app, mensagem no Facebook, aparecer na sua casa… para perguntar se o bebê já nasceu.

Acho fofo todo esse carinho que as pessoas têm e quem pergunta quer o nosso bem, apenas isso. Mas toda essa pressão para quem está esperando entrar em trabalho de parto é muito agoniante.

Agora imagine você que cada dia que passa o bebê não nasce e a grávida já fica cheia de caraminholas na cabeça, pensa mil coisas que não deveria, começa a imaginar que tem algo de errado… e aí vem a cobrança de família e amigos também só para fechar a nossa agonia com chave de ouro.



As pessoas fazem isso porque elas estão na expectativa (quase) tanto quando nós grávidas, mas isso acaba atrapalhando o início do trabalho de parto porque a adrenalina liberada pela expectativa bloqueia um hormônio chamado ocitocina que é o responsável por dar início do trabalho de parto. Em resumo, quanto mais relaxada você estiver, quanto menos estiver pensando que “está chegando a hora” maiores chances de você entrar em trabalho de parto logo.

Então para isso a dica é se isolar. Desligue o telefone da tomada, deixe o celular sem internet – imagino que seja difícil para muita gente ficar longe do what´s app e do Facebook.  Não receba ligações, não receba pessoas em casa… vá passear sempre que for possível: cinema, voltinha na praia, shopping. Vá se distrair. A idéia é relaxar sempre que possível! Se ainda estiver trabalhando durante a semana, ainda não estiver de licença maternidade, vá se distrair nos finais de semana.

Outra dica muito boa, mas se você já estiver no final da gestação não vai funcionar, é sempre mentir para os outros a data prevista do parto. Avise que é uma semana para trás, pelo menos. Isso mesmo, minta! Se você estiver de 40 semanas diga que está de 39 semanas e por aí vai e não conte a real data prevista de parto. Não sou a favor de mentiras, mas nesse caso sou muito a favor, pois ela serve para nos resguardar. Assim a pressão em cima de você não vai ser tanta.

Acho que esse tipo de pressão acontece porque as pessoas ainda não entenderam que 40 semanas de gestação é o tempo médio das gestações, que se bem monitorada pelo obstetra pode ir até 42 semanas numa boa (ou até mesmo passar um pouco desse tempo). Eu, por exemplo, tive a Mia com 41 semanas e 5 dias.

E não se esqueçam, gravidinhas: a maioria dos bebês nascem entre a 40 e a 41 semana. Bem, ao menos foi o que me disseram…

No meu caso até os leitores do blog estavam me mandando inbox perguntando se a Mia já nasceu. Eu me senti muito querida e isso me deu uma alegria enorme, mas eu ficava agoniada cada vez que alguém me perguntava, porque ela demorou bastante para nascer.

A todos que perguntaram por mim eu agradeço imensamente o carinho, mas por favor não me pergunte se o meu bebê já nasceu. Eu aviso quando chegar… aviso sim! 😉

Beijos, Thata

Dê a sua opinião: