O Nome do Bebê Pode Influenciar Sua Personalidade

A Escolha do Nome Pode Influenciar a Personalidade do BebêEscolher o nome do bebê não é uma tarefa fácil. Tanto a mãe quanto o pai têm as suas preferências e quando os gostos não combinam, pode acabar até em discussão! É bom lembrar que a escolha do nome é muito importante, não só porque a criança vai levar esse nome para o resto da vida, mas também porque o nome escolhido pode ter influência em sua personalidade!

Vamos ver que traços de personalidade seu filho ou filha pode ter de acordo com o nome que vocês escolherem?

1- Um nome da moda, escolhido em uma lista de nomes mais comuns do momento.

Crianças pequenas não gostam muito de se destacar. Elas preferem se sentir semelhantes às outras. Então nos primeiros anos de vida ficarão muito confortáveis com o nome e se sentirão seguras com ele. Por outro lado, já que várias outras crianças compartilharão o mesmo nome na escola, o nome vai perder um pouco de sua individualidade. É comum que a criança seja tratada por seu sobrenome ou por algum apelido. Quando eu era criança e adolescente, sempre tinha 3 ou 4 outras crianças com o mesmo nome que eu, mas nem por isso eu me sentia mal. Sempre gostei muito do meu nome, mesmo sendo comum.

 



2- O nome do pai, da mãe ou de um dos avós.

Perpetuar a tradição de família é um costume não só no Brasil, mas em vários lugares do mundo, mas hoje em dia esse hábito não é mais tão comum quanto antigamente. Muitos pais não querem abrir mão do nome que gostam para poder fazer uma homenagem a alguém da família. Carregar o mesmo nome que o pai ou que a mãe causa uma identificação maior da criança e pode fazer com que ela queira, ainda mais, ser parecida com seu pai / mãe. A criança tende a se sentir segura por ter um nome igual ao de uma pessoa que ela admira muito. Mas usar o nome de um dos pais ou avós tem suas desvantagens. A criança acaba sendo chamada de Junior ou fica com o nome no diminutivo para diferenciá-la do pai. E é comum a pergunta “Você está falando do Pedro pai ou Pedro filho?”

 

3- Um nome estrangeiro.

Nomes com origem estrangeira têm chegado para ficar. Alguns deles até figuram nas listas dos nomes mais populares. A escolha de um nome estrangeiro pode fazer com que a criança se sinta única e especial. Mas cuidado para não inventar na grafia! Pesquise qual é a grafia correta e, na dúvida, use a forma mais simples. Afinal, você não quer que sua filha se sinta frustrada ao ter que explicar, toda vez, que seu nome se escreve com Y, com dois L e com H no final.

 

4- Um nome original.

Alguns casais querem que seu filho ou filha tenham um nome único e totalmente diferente. Buscam nomes diferentes e pensam que quanto menos as pessoas conheçam, melhor. Registram seus filhos como Daira, Tuiren, Tibet, Akahena etc. Por mais que sejam nomes bonitos, recomenda-se não escolher nomes que sejam difíceis de se lembrar ou difíceis de pronunciar. Existe uma vantagem de a criança levar um nome único, que pode estimular sua auto-estima, ou seja, despertar um senso de orgulho pelo próprio nome. Por outro lado, lembre-se que pode ser cansativo soletrar o nome para outras pessoas e ouvir diariamente “nossa, mas que nome diferente, né?”.

 

5- O nome de uma pessoa já falecida.

A princípio, não há problema nenhum em se homenagear alguém da família que já faleceu. Mas lembre-se, seu filho(a) será uma pessoa completamente diferente desse ente querido e terá a sua própria personalidade.

 

6- Um nome composto.

Algumas combinações de nomes ficam muito bonitas, mas as variações em que os dois nomes são curtos ficam melhores. Por exemplo: Maria Luiza, Ana Cláudia, João Pedro, André Luís, José Carlos etc. Se você escolher nomes longos que não combinam entre si, daqueles de novela mexicana, a família ou a própria criança naturalmente acabam optando por usar um dos dois nomes e o propósito original acaba se perdendo. Nomes compostos são fortes e isso muitas vezes se traduz na personalidade da criança, que carregará com orgulho o seu nome.

 

7- O nome do seu ídolo.

Seja qual for o seu ídolo – cantor, artista, jogador de futebol etc., lembre-se de não depositar na criança a esperança de que ela seja tão fantástica quanto o seu ídolo. Esse tipo de pressão pode ser um fardo pesado para o seu desenvolvimento saudável. Exemplos comuns no Brasil, em épocas diferentes: Roberto Carlos, Michael Jackson, Romário, Neymar, Fagner.

No final das contas, é importante escolher um nome que você gostaria de ter para você mesmo(a).

Precisa de inspiração para escolher o nome do bebê? Veja as nossas listas:

15 Nomes de Meninos Mais Usados e Suas Curiosidades

 

15 Nomes de Meninas Mais Comuns e Seus Significados

 

Fonte: Guía del Niño

 

1 comentário

  1. fabiana comentou

    oi boa tarde,quando minha filha nasceu eu queria um nome meu marido outro,o nome que eu escolhi acabou ganhando ,mas meu marido ficou uma semana sem falar comigo.

    Visete nossa lojahttps://www.nutritivasaude.com.br/vitamina-b7-biotinafortalece-unhas-e-cabelos60caps-500mg-unilife recomendo ótimos preços,exelentes suplementos.

Deixe seu comentário!