O Leite Materno Influencia o Temperamento do Bebê 

O Leite Materno Influencia o Temperamento do BebeVocê sabia que o leite materno age diretamente sobre as emoções do bebê?
O leite materno é rico e contém todos os tipos de nutrientes, tais como gorduras, proteínas e açúcares. Eles são capazes de nutrir plenamente o bebê recém-nascido e desenvolver e fortalecer seu sistema imunológico.

No entanto, esta não é a sua única qualidade. De acordo com estudos recentes descobriram que o leite materno é uma substância inteligente, uma mistura biológica incrível que se adapta às exigências e necessidades do bebê em todas as fases do seu desenvolvimento.

O que acontece é que a mãe durante a amamentação não só transmite o bebê os nutrientes essenciais para o crescimento, mas também fornece substâncias mais complexas dentro do qual hormônios glicocorticoides, como o cortisol: um hormônio que é liberado para situações de ansiedade e stress.



Por este motivo, o temperamento do bebê é afetado de alguma forma por esta substância secretada quando a mãe amamenta. Essa afirmação foi comprovada por uma pesquisa realizada na Universidade da Califórnia.

O que as pesquisas mais recentes mostraram:
A equipe de pesquisa analisou e estudou a relação que existia entre a quantidade de cortisol presente no leite materno e temperamento dos descendentes de um grupo de macacos Rhesus no Centro de Pesquisa Nacional de Primatas da Califórnia.

Foi analisado a quantidade de cortisol no leite materno de macacos em diferentes estágios de desenvolvimento de seus bebês e as medidas de crescimento que cada um tinha na época.

Apesar de que, o comportamento da mãe e pouco foi estudado quando do primeiro mês até o quarto mês do bebê.

Na realização do estudo, durante vinte e cinco horas, foram observados dezesseis qualidades específicas da prole. Em princípio, mostrou que mães que tinham um bebê ou tinham poucos filhos, tinham altos níveis de cortisol em seu leite em comparação com outras mães que tinham mais filhos.

Em seguida, analisou-se a concentração do cortisol em bebês meninas e bebês meninos em duas fases de lactação.

Eles então analisaram o nível de cortisol presente em mães nas duas fases de lactação, tanto nos bebês meninas quanto nos bebês meninos, e que poderia ser demonstrado que quanto maior o número de cortisol mais nervoso e menos confiantes eram os bebês.

A importância de uma amamentação estando tranquila vai definir o futuro do caráter do bebê:
A conclusão do estudo mostra que, se uma mãe que amamenta o seu bebê está nervosa ou estressada, o bebê também será. No entanto, se o momento da amamentação ocorre em situações de calma e relaxamento, bebês ficarão também calmos e relaxados.

Sem dúvidas isso vai definir o temperamento e o caráter do seu bebê, então lembre-se que antes de amamentar o ideal é procurar um lugar tranquilo e se conectar com o seu bebê. O seu filho vai agradecer no futuro.

Fonte:
Baby Sitio

Dê a sua opinião: