O Segundo Filho É Mais Fácil?

O Segundo Filho e Mais FacilOlá mamãe e papai. Essa pergunta “O segundo filho é mais fácil?” tem sido feita à mim desde que Mia nasceu, há 6 meses e hoje vou tentar responder a vocês.

Quando alguém me faz essa pergunta eu me sinto meio perdida ao responder. Sim, essa que é a verdade. Lembra daqueles programas de gincana em que as perguntas são feitas enquanto o participante usa um fone de ouvido e está ouvindo música. Aí quando a música para ele tem que gritar “SIIIIIIIIIIIIIIIIIIM” ou “NÃAAAAAAAAAO”?

Pois então é assim que eu me sinto:
-Você troca essa geladeira por 1 milhão de reais?
-SIIIIIIIIIIIIIIM
-Você troca 1 milhão de reais por uma bicicleta?
–SIIIIIIIIIIIIM
-Você troca essa bicicleta por uma Ferrari novinha?
-NÃAAAAAO



Vou ser simples e curta com vocês, já que a minha vontade é sempre responder DEPENDE. A verdade é que cada criança é uma criança diferente.

-Ah, mas Thata, você não me falou novidade nenhuma, entrei aqui no seu blog para ler algo diferente e leio isso?

I am sorry my dear, mas olha só, não tem nada mirabolante nisso não. Mas vou continuar te contando sobre o assunto já que você está aqui para saber como é ser mãe de dois (ou pai de dois).

A verdade é que, com o segundo filho, nos sentimos mais seguros em situações que já enfrentamos antes, como as cólicas do recém-nascido, a introdução alimentar, as primeiras vacinas, o primeiro banho (e os banhos seguintes), o desfralde etc.

Mas nos sentimos perdidos como pais de primeira viagem em situações novas, pois como eu disse, cada criança é uma criança e com o seu segundo filho você vai passar por situações novas e não vai saber lidar com elas a princípio.

Então a resposta é realmente depende. E depende também da personalidade de cada criança. Talvez o seu primeiro filho tenha sido uma criança mais calma do que o segundo que acabou de chegar. Talvez o segundo filho queira mais colo do que o primeiro pedia. Talvez o segundo filho queira mais peito do que o primeiro. Talvez o segundo filho não curta desenho, goste de te seguir no banheiro até mais do que o primeiro. Talvez o segundo filho queira ficar muito mais grudado do que o primeiro gostava.

Não dá para saber. Você só vai saber mesmo na prática, quando o seu segundo filho nascer. Por isso que eu fiz essa brincadeira lá no início de que eu me sinto como em um programa de gincana.

Eu particularmente estou achando mais difícil, porque, sinceramente? É muito mais difícil cuidar de dois do que cuidar de um só. Você que passou a madrugada amamentando não vai poder dormir durante o dia porque o seu mais velho estará acordado e com a corda toda. Você estará amamentando o bebê no sofá e o mais velho vai vir se pendurar no seu pescoço (ou vai passar correndo pelado pela sala) – isso mesmo, a amamentação do segundo não será tão relaxante quando a do primeiro. Você vai ouvir choro de dois ao mesmo tempo e vai ficar perdida sem saber quem atender primeiro. Você vai lidar com situações do tipo: o bebê todo cagado (a costa inteira) e o mais velho todo mijado (maldito desfralde). E aí, quem atende primeiro?

Então eu acho mais difícil ser mãe de dois, não necessariamente porque o segundo filho é mais difícil (pode ser que sim ou pode ser que não).

Mas olha só, se você está pensando em ter o segundo filho, se joga. É maravilhoso demais. Quando eu coloco os dois no meu colo ao mesmo tempo me sinto tão completa que me dá vontade de chorar de felicidade.

Dê a sua opinião: