Postura Correta Durante a Gravidez – Dicas Para Não Errar

É importante corrigir posturas erradas durante a gravidez, pois não só causam dor, mas também podem dificultar o nascimento do bebê.

É de fundamental importância uma boa postura ao longo da gravidez para evitar desconforto. Você deve prestar muita atenção a como você está parada, sentada, como você anda, como você se dobra e como você dorme. Se suas posturas não estão corretas você terá como resultado tensão muscular, desconforto e muitas dores. Além disso, uma postura errada ou ficar sentada por um longo período de tempo pode causar uma posição ruim do bebê, evitando que ele se encaixe corretamente para o nascimento.



À medida que o bebê e seu útero crescem, seu corpo deve se adaptar e acomodar as mudanças dinâmicas da gravidez. Uma atividade física suave e regular ajuda a prevenir dores, mas é essencial adotar uma postura “consciente”, estar alerta na maneira como você usa seu corpo. Certamente você notará que deixou de lado o uso de alguns músculos em sua posição atual e você certamente deve corrigi-lo. Para corrigir suas posturas, hoje eu trago algumas dicas simples:

NA POSIÇÃO EM PÉ:        

Fique na frente de um espelho e controle o seguinte.

Os pés:
Eles devem ser paralelos e firmemente apoiados no chão, inclusive o dedão do pé, o calcanhar e a borda externa do pé. O arco interior não deve descansar no chão.

Os joelhos:
Eles devem estar flexionados e relaxados. Evite a flexão e a extensão máxima dos joelhos.

A cintura:
Não pode ficar muito virada para trás, deve ficar relaxada e em pequena flexão. Você pode sentir isso, colocando as mãos na parte inferior das costas e verificar se não há curvatura exagerada da coluna vertebral para trás. Uma coluna muito arqueada causa dores na região lombar e no nervo ciático.

As costas:
Deve estar relaxada, com os ombros para frente para esticar a área escapular e relaxada. Não levante os ombros, tente sempre mantê-los tão baixos quanto possível (em direção ao pé), desta forma você irá melhorar sua capacidade respiratória.

A cabeça:
Deve permanecer relaxada e em uma postura equilibrada na coluna vertebral. Evite a tendência de abaixar a cabeça e o queixo. Sempre olhe para a frente, relaxando a garganta e as bochechas.

Para Quem Trabalha em Pé:
Se você trabalha em pé, tente não se inclinar para a frente. Um exemplo simples são as tarefas diárias da casa, como esfregar o chão ou passar a ferro. Ao esfregar o chão, tente não se inclinar muito para a frente. Ao passar roupa, ou fazer algum trabalho que você precise ficar muito tempo em pé na mesma posição, tente apoiar um pé em um banquinho pequeno ou algo semelhante para descansar as costas e não dobrá-la para a frente.

Postura para caminhar: Também é importante que, ao caminhar, controle o seguinte:

Os pés:
Mantenha seus pés paralelos uns aos outros. Evite andar com os pés para fora ou arrastá-los, é o que geralmente causa dor na parte inferior das costas.

Os sapatos:
Use sapatos confortáveis, sem saltos ou com um máximo de 5 centímetros. Os satos com maior altura farão com que você perca seu equilíbrio facilmente, e no final da gravidez, quando a barriga é muito grande, você não poderá ver o chão, o que piora a situação.

Os joelhos:
Mantenha sempre os joelhos ligeiramente flexionados, a sua pelve para a frente e a coluna vertebral e as costas retas, evitando aumentar a curvatura da cintura para dentro.

Os ombros e os braços:
Caminha com os ombros relaxados e movendo os braços para os lados do seu corpo.

Compras:
Quando você carrega o peso das compras, é conveniente que você distribua-o igualmente entre os dois braços, para não recarregar de peso apenas um lado das costas. O ideal é usar um carrinho de compras leve que você possa transportar facilmente.

PARA AGACHAR:

Ao curvar-se, certifique-se de cumprir as seguintes dicas:

Joelhos e costas:
Nunca se incline para baixo, dobrando seu corpo para a frente, porque causa dor na parte inferior das costas. Faça isso flexionando seus joelhos para abaixar e mantendo as costas retas.

Levantamento de peso:
Quando você tem que levantar algo do chão ou levantar seu bebê, você deve fazê-lo flexionando os joelhos e a pélvis e sempre mantendo sua coluna erguida.

PARA SENTAR:

Quando você se sentar, siga as seguintes dicas:

Em cadeiras ou poltronas:
Quando você estiver sentada em alguma cadeira, evite cruzar as pernas e tente apoiar todo bumbum na cadeira, mantendo as costas retas e os ombros relaxados. Também é aconselhável, a partir da 30ª semana de gravidez, manter os joelhos abaixo do quadril. Isso tornará facilitará para o bebê se encaixar corretamente no canal do parto.

No trabalho:
Se você trabalha sentada com um computador, lembre-se sempre de não se inclinar para a frente e a cada hora realize movimentos rotativos em seus ombros para relaxar os músculos da área e também faça movimentos rotativos com a cabeça e movimentos para os lados.

No chão:
Quando você quer relaxar, sente-se no chão na posição de Buda (pernas e quadris flexionados um em cima do outro). Para mais conforto, você também pode apoiar suas costas em uma parede.

PARA SE DEITAR

Quando você se deita para dormir e descansar, lembre-se do seguinte:

As costas (foto do texto):
Você deve evitar dormir nas costas (viradas para cima), em vez disso use um travesseiro fino  para deitar de lado, apoiando a cabeça. Flexione as pernas em direção ao corpo para manter a coluna lombar reta e se preferir, para ficar mais confortável, coloque um travesseiro entre as pernas.

O colchão:
É muito mais confortável dormir em colchões duros, pois ajudam a evitar dores nas costas. As comidas

Refeições:
Nos casos em que o refluxo gástrico aparece (azia), aquela sensação chata de queimação no estômago e esôfago, você deve evitar ir dormir imediatamente após as refeições e evitar comer refeições pesadas pelo menos 2hs antes de dormir.

Ao se levantar:
Nunca tente levantar-se em linha reta quando você está deitado, causa cãibras nos músculos abdominais que assustam pela intensidade, mas não têm nada a ver com as contracções uterinas, são apenas cãibras musculares abdominais. Para sair da cama, faça isso depois de ter girado para um lado e use seus braços como apoio para ajudar a suspender o peso do corpo.

Uso de almofadas:
Para o final da gravidez, quando seu abdômen é volumoso e a cabeça do bebê está em processo de se encaixar na pélvis, você ficará muito mais confortável dormindo com uma almofada entre as pernas, como eu já falei. Você evitará a sensação de peso na vagina e você poderá adormecer com mais facilidade.



Banhos de imersão:
Tomar um banho de banheira antes de dormir ajuda a relaxar os músculos. Porém alguns profissionais recomendam que se evite porque pode aumentar o aporte de sangue para o útero. Portante evite banhos muito longos.

Espero que tenham gostado das dicas. Com o passar dos dois você notará que todas as suas posturas erradas melhoraram ou se corrigiram. Com esta técnica simples, você verá o quão bem você vai se sentir ao longo da gravidez.

 

Traduzido e adaptado de Babysitio

Deixe seu comentário!