Prepare-se para chorar, você agora é mãe!

Prepare-se para chorar, você agora é mãe!

Você vai chorar de felicidade,
no dia do nascimento e quando o seu bebê der os primeiros passos.
Vai também chorar quando receber o primeiro sorriso e também o primeiro beijo e abraço.
Não vai conseguir segurar, de jeito nenhum, as lágrimas na apresentação de Natal da escola e quando ele demonstrar te amar.

Você vai chorar de tristeza,
quando seu filho estiver doente ou quando ele se machucar.
O choro vai entalar na sua garganta quando tiver que ir correndo com ele para o hospital no meio da madrugada.
Você vai velar aquela febre que não cede a noite inteira, e mesmo que não desçam lágrimas, a estafa vai estar lá.



Você vai chorar de cansaço,
por precisar dar conta de todos os filhos, do trabalho e da casa.
Vai chorar de exaustão cada noite mal dormida, tendo acordado muitas vezes de madrugada, sem poder descansar.
Vai se desesperar com as crianças penduradas na perna enquanto você cozinha e enquanto vai ao banheiro, pedindo colo o tempo todo, sem folga para relaxar.

Você vai chorar de impotência,
no dia que o seu filho voltar mordido da escola ou quando ele não for convidado para uma festinha de aniversário.
Vai se sentir de mãos atadas quando souber que ele foi empurrado na escola por outra criança. Não vai poder fazer nada a cada decepção dele para com esse mundo cruel e não inclusivo.
E você, mesmo tentando ser forte por ele, mas no fundo sabendo que não é tão forte assim, vai tentar defender o seu eterno bebê de tudo que as pessoas fazem de errado, mas sabendo que você cria os seus filhos para o mundo e que não pode controlar todas as coisas… e é por isso que você também vai chorar.

Você vai chorar de culpa,
quando achar que fez alguma coisa errada e que essa coisa errada trouxe algum sofrimento para o amor da sua vida.
Vai se sentir a pior mãe do mundo em várias situações, principalmente quando vir que outras mães fizeram melhor pelos filhos delas.
Sim realmente a comparação é o ladrão da felicidade e nos faz sentir culpadas toda vez.

Vai chorar porque eles cresceram rápido,
e por mais que você tenha estado presente em vários momentos importantes da vida do seu filho, por mais que você o tenha ensinado mil coisas
você vai chorar por ter achado que não esteve presente o suficiente na vida dele.

Vai chorar com o primeiro “eu te odeio”,
mesmo sabendo que aquilo é da boca para fora, mesmo sabendo o tanto que você já fez por ele, mesmo sabendo que nada disso é verdade.
Vai se arrepiar toda cada vez que ouvir que ele te ama.
Vai sentir algo entalado na garganta cada vez que fizer uma comidinha gostosa e ele simplesmente não quiser comer.
Vai ter vontade de se esconder em um buraco cada vez que ele se jogar no chão do supermercado ou shopping enquanto grita e esperneia.

Você agora é mãe, prepare-se para viver com muita intensidade e para chorar como você nunca chorou em toda a sua vida.

Autora Thais Cardoso
Mamãe Tagarela

Para mais textos como esse siga o Instagram @mamaetagarela

Deixe seu comentário!