Vacina BCG (Tuberculose) e As Possíveis Reações

Há meses, cada vez que eu faço um filminho da Mia no Stories (do Instagram) eu recebo pelo menos umas 10 mensagens inbox perguntando “o que é isso no bracinho dela?”

Por esse motivo eu vim hoje aqui explicar para vocês sobre a reação fora do normal, que pode acontecer no bracinho dos nossos filhos, quando eles tomam a vacina BCG (Tuberculose).



A vacina BCG (Tuberculose) é dada ao bebê assim que ele nasce, nos primeiros meses de vida.

Mas a Mia nasceu na Irlanda e lá, assim como a maior parte da Europa, não tem mais a vacina BCG porque a Tuberculose não é mais um problema por aqui. Então quando fomos ao Brasil, a Mia tomou a vacina da BCG, porque sempre estamos indo ao Brasil visitar os avós, e no Brasil a Tuberculose ainda é um problema. Não acredito que o fato da Mia ter tomado a vacina com 1 ano tenha sido um problema. Segundo a pediatra dela aqui, o problema foi que ela tomou a vacina BCG muito perto de outras vacinas (15 dias) quando o intervalo recomendado é de 1 mês.

Mas como saber o que é uma reação normal e o que é uma reação fora do normal?

A reação normal: o normal é por volta de 45 dias após a aplicação da vacina aparecer uma bolinha vermelha com um ponto de pus (amarelo ou branco). Essa bolinha deve ter até 1,5cm e aparece no local da aplicação da vacina BCG (no braço). Você não deve mexer ou futucar essa bolinha. Ela vai estourar sozinha e vazar. Limpe normalmente, pressionando de leve com um pedaço de papel para secar o pus ou lave e passe a toalha bem de levinho. Essa bolinha deve sumir em no máximo 15 dias, mas ela ainda pode voltar a surgir algumas vezes.

A reação anormal: a bolinha no local do braço fica grande, maior que 1,5cm, não vaza, parece encher de pus.
No caso ca Mia a bola no braço dela tinha 2,2cm e parecia cada vez maior e com mais pus e muito vermelha.
Se isso acontecer o pediatra precisa acompanhar o local da vacina porque pode ser preciso do bebê tomar algum remédio para Tuberculose, que quase foi o caso da Mia. No caso dela a pústula acabou vazando (3 vezes) e foi diminuindo de tamanho.
A Mia foi acompanhada pela pediatra dela no Brasil e pela pediatra aqui de Malta e as duas preferiram não dar remédio, só ficar de olho no bola de pus no braço dela.

O que observar caso a vacina BCG reaja fora do normal:
1- Tamanho da pústula, que deve ter no máximo 1,5cm
2- Axilas, se surgir alguma ou algumas bolinhas (linfonodos) na axila avise a pediatra.
3- Clavívula. Se surgir alguma ou algumas bolinhas (linfonodos) na clavícula avise a pediatra.
4- Se o bebê está bem disposto, sem febre e brincando bem.

Essas foram as dicas que a Dra Patrícia keller, pediatra deles no Brasil, me deu.

Sem reação nenhuma: Se a criança não tiver nenhum tipo de “bolinha” após 2 ou 3 meses da aplicação da vacina BCG, procure a pediatra ou posto de saúde para avaliar o local da vacina. Pode ser que a vacinha tenha que ser dada novamente, por isso é importante avliar.

Aqui continuamos na luta, o local ainda está infecionado, mas o corpo ela está reagindo e a cada dia a pústula está menor. E claro, ela continua sendo acompanhada pelas pediatras.

Espero que tenha esclarecido algumas questões para você e conseguido de alguma forma te ajudar. Prometo depois voltar nesse texto para contar o final da novela da vacina BCG da Mia.
Bjs, Thata

5 comentários

  1. Thais comentou

    Olá, me chamo Thais, e meu caso eh igual da minha filha, ela nasceu nos EUA e não tomou a vacina BCG, agora está com um ano e estamos morando novamente no Brasil, amanhã está agendado para eu dar 5 vacinas que falta para ela é uma delas é a BCG, vc acha que poderá da alguma reação?

    1. Thaís Cardoso respondeu Thais

      Thais, eu acho que você deveria dar um intervalo de 1 mês das outras vacinas para a BCG. Só por precaução.

  2. Nathalia comentou

    Olá. O meu bebê também teve relação da BCG. Teve linfonodos na axila e clavícula, não precisou tomar a medicação da tuberculose, ficamos acompanhando e com uns 10 meses sumiu tudo.

  3. Camila comentou

    Olá moro também na Europa, na Belgica e aqui os bebês não tomam a BCBG, mas vou para o Brasil em Dezembro de férias passar 15 dias com o meu filho que vai estar com 5 meses. Será que por um curto periodo de tempo precisa tomar a vacina?! Sabe como ela se chama aqui ma europa?
    Obrigada

    1. Thaís Cardoso respondeu Camila

      Oi Camila, se chama BCG mesmo (“bi ci gi” em inglês). Se você vai muito para o Brasil ou áreas endêmicas é interessante dar a vacina. Mas a pediatra no Brasil meu explicou que para dar a vacina é preciso ter certeza que a criança nunca teve contato com o bacilo e para isso eles fazem um tipo de teste. Porém não fizeram na Mia porque na Irlanda não tem esse bacilo então eles decidiram não fazer o teste e dar a vacina mesmo assim. Acredito que no seu caso seja igual, mas é sempre bom conversar com um pediatra sobre a sua intenção de dar a vacina antes de dá-la efetivamente.

Deixe seu comentário!