12 Dicas de Como se Comportar ao Visitar um Recém Nascido

Visitas ao recém nascido. Quem nunca passou por uma saia justa nessa questão?

Se você é mãe de primeira viagem e está grávida, ou seja, ainda não passou por isso, provavelmente está empolgada para receber as visitas e até já encomendou as lembrancinhas, certo?

As visitas têm o seu lado bom: as pessoas queridas vêm conhecer o mais novo membro da família, trazem amor, carinho, sorrisos e presentes.



Mas também tem o lado ruim: demoram, usam perfume, tiram foto com flash (e postam nas redes sociais), fumam antes de visitar o bebê, chegam gripadas, levam crianças sem perguntar (e gripadas), ficam observando você tentando amamentar (um momento íntimo seu e que você ainda está aprendendo a lidar), se amontoam no quarto e não vão embora.. ufaaa…

Não me levem a mal, eu adorei que as pessoas me visitassem, adorei o carinho delas, mas algumas situações me incomodaram e deixaram traumatizada hahaha…

Aqui na Irlanda as pessoas não visitam a puérpera no hospital, a não ser que seja muito íntima da mais nova mãe do pedaço. E em casa então, nem pensar!!! Só depois que a criança tem 3 meses e olhe lá.

O meu filho nasceu no Brasil e eu preferi receber visitas no hospital e logo avisei que não receberia em casa. Preferi porque eu não estava afim de organizar a casa e nem ficar fazendo sala para ninguém. Escolhi o hospital porque eu sabia que no Brasil é assim mesmo, que as pessoas querem logo visitar você e conhecer o bebê e até entendo a curiosidade. Quem nunca pecou? Eu já pequei! Eu já visitei uma prima recém parida em casa para conhecer a filha dela (oi Gabi, desculpa, tá?). Se fosse hoje em dia eu não faria, não tiraria a privacidade delas… mas enfim, a gente só aprende depois que o nosso filho nasce, não é mesmo?

Pensando nisso eu resolvi fazer uma listinha com dicas de como se comportar ao visitar um recém nascido. E por favor, siga à risca! Combinado?

1- Visito no Hospital ou na Maternidade?
Olha, sinceramente, quem deve decidir isso é a mãe e somente ela. Se você não tem certeza, ligue perguntando (muito antes do bebê nascer, viu?!). Se a mãe pedir para visitar em casa e somente depois de 1, 2 ou 3 meses, respeite!

2- Posso levar o meu filho?
Não é de bom tom aparecer com crianças a não ser que você pergunte antes para a mãe e o seu filho esteja com 100% de saúde. Mesmo assim não deixe o seu filho ficar tocando e encostando no recém nascido. Mas o ideal é deixa-lo com alguém caso isso seja possível.

3- Se estiver doente, vou mesmo assim?
Se estiver doente, visite outro dia! Recém nascidos não tem proteção nenhuma, podem pegar uma gripe com facilidade e isso pode ser fatal. Sério! Não apareça! Mande uma mensagem para os pais dizendo que está gripado e que outro dia vai ver o bebê (mas sempre combine antes, não apareça de surpresa)

4- Apareci sem avisar e a mãe parece não ter gostado.
Não apareça sem avisar nunca! Em hipótese alguma apareça sem telefonar antes. Visitas surpresas são desagradáveis. Não existe exceção, nem se você for a avó do bebê! A mãe muitas vezes está descabelada, não dormiu direito, está amamentando, de pijama, a sala da casa está uma zona, a pia da cozinha cheia de louça… e se for para aparecer, que seja rápido (e se puder lave a louça)!

5- Ok, liguei e me convidei para um café.
Não vá para tomar café e nem para fazer lanchinhos. Coma antes de aparecer, não vá de barriga vazia. Aparecer no horário do almoço ou do jantar, só se for para levar comida para os pais, porque assim você estará ajudando (aliás, estará ajudando demais – por favor leve uma marmita).

6- Cheguei para visitar e o bebê estava dormindo, o que fazer?
Coloque uma coisa na sua cabeça: não se acorda um bebê. Bebês precisam dormir e os pais esperam ansiosamente por esse momento, pois é nessa hora que terão um descanso. Isso serve tanto para os recém nascidos quanto para os bebês maiores. Meu filho, por exemplo, tem 20 meses e é uma alegria quando ele dorme. Se alguém pensa em acordar ou tenta, leva um pesco-tapa para casa de brinde. Fora que, além de dar uma folga para os pais, é durante o sono que os bebês crescem e repõem as energias.

7- Por que não posso fumar, nem usar perfume e nem cremes com cheiros fortes?
Muita gente acha que é frescura da mãe e que a mãe é uma chata. Então me fala aqui, você faz questão de ir ver o bebê recém nascido mas não faz o mínimo sacrifício para ir visitá-lo? Quando ainda é pequenininho, o olfato do bebê é muito sensível e além disso também pode desenvolver alergias. Pra que isso se podemos evitar? Deixe para usar perfumes perto do bebê depois que ele completar 1 ano. Quanto ao cigarro, nunca perto das crianças, tá? Faça a sua parte!

8- Por que devo limpar as minhas mãos ao visitar?
Quando você chega da rua você traz vírus e bactérias, principalmente nas mãos que pegam em tudo pelo caminho. Então, ao chegar, lave as mãos e também passe álcool gel (se tiver disponível no ambiente). Não é para pegar o bebê (que aliás, só os pais devem fazer isso né), mas para evitar trazer para o ambiente qualquer microorganismo indesejado.

9- Por que eu não posso beijar e nem pegar na mão do bebê?
Pelo mesmo motivo acima! As suas mãos e a sua boca são os lugares do corpo que têm mais bactérias. Só a mamãe e o papai podem (e devem) beijar muito o bebê. O bebê está sempre levando as mãozinhas à boca, por isso não se deve tocá-las. Pegar no colo só se a mãe oferecer. Mesmo assim o ideal seria recusar (a não ser que você seja a vovó, ou alguém muito íntimo do bebê, aí pode aceitar).

10- Por que não devo demorar ao visitar um recém nascido?
Porque os pais estão cansados (sim, claro ou com certeza?) por terem passado a noite (ou várias noites) em claro. Eles precisam de um espaço, precisam descansar. Seja rápido, mesmo porque bebês recém nascidos ainda não fazem muita coisa.

11- Por que não posso tirar fotos e nem publicar no Facebok?
Primeiro que o flash faz mal para os olhos do bebê. Fotos somente com a permissão dos pais e nunca publique em redes sociais, guarde para você. É tudo questão de privacidade da mamãe, do papai e do bebê. Fora que, as primeiras pessoas que devem publicar fotos do pimpolho nas redes sociais (se isso acontecer) são a mamãe ou o papai.



12- Por que devo dar um espaço para a mãe na hora da amamentação?
A mamãe está ainda aprendendo como amamentar o seu bebê e ela precisa de espaço para tentar fazer a pega correta e a posição certa de segurar o bebê. Nisso ela pode tirar e colocar o bebê várias vezes do seio antes de acertar. Deveria, mas ninguém nasce sabendo amamentar (infelizmente). Claro que algumas têm mais facilidade que outras, mas mesmo assim dê espaço. Nem toda mulher se sente à vontade de ficar com os seios de fora na frente das outras pessoas.

 

O que também pode te interessar:

 

Fontes de inspiração:
Estadão 
Revista crescer

2 Comments:

  1. Eu acho que aqui no Brasil a própria família cobra que você vá visitar quando nasce o(a) filho(a) de algum parente. Eu mesma nem gosto de visitar, não tenho curiosidade de conhecer o recém nascido exatamente porque ele não faz nada de interessante, além de ser super desagradável o choro de qualquer bebê. Porém, se eu não vou no hospital ou na casa da nova mãe fazer uma visitar, todos cobram, dizendo que estou sendo desatenciosa. A própria mãe fica chateada se não receber visita alguma!

    • Thata Tagarela

      É verdade Ana Carolina, isso depende muito da mãe. Nesses casos uma visitinha rápida, de médico resolve. Beijos

Dê a sua opinião: