14 Coisas Que Ninguém Deveria Fazer Com o Filho dos Outros

14 Coisas Que Ninguem Deveria Fazer Com o Filho dos OutrosQuem nunca sofreu na mão da família ou algum conhecido? Pessoas que decidem coisas sobre o seu bebê mesmo essas coisas indo contra o que você pensa? Pior ainda, aqueles que preferem pedir perdão do que permissão?

Você sempre vai encontrar pessoas que vão tomar decisões sem te consultar e vão tomar decisões, elas mesmas, na maior cara de pau, sobre a vida do seu bebê. Quando você se torna mãe, a ousadia das pessoas é multiplicada e quando você se dá conta, tem dezenas de pessoas ao seu redor dando palpites sobre o que você deve ou não fazer com o seu bebê. Me deixa horrorizada esse tipo de gente que se acha no direito de fazer o que quiserem com os filhos das outras pessoas e só depois que já fizeram contam como se fosse a coisa mais normal do mundo.

Conheço uma mãe cujo bebê só tomava leite materno. Um certo dia ela deixou o bebê com uma pessoa da família para resolver algumas coisas na rua. Quando voltou essa pessoa tinha dado leite de vaca para o bebê, sem consultar a mãe! O argumento que a pessoa usou foi que “o bebê parecia ter fome” e também que “os meus filhos tomaram leite de vaca e estão vivos”. A pessoa não entrou em contato com a mãe desse bebê porque não queria incomodar o que ela estava resolvendo na rua



A pessoa estava fazendo um favor de cuidar do bebê para essa mãe e claro, não fez por maldade. Mas esse tipo de coisa não é legal. Então a regra é ouro é sempre perguntar para a mãe antes de tomar qualquer decisão. Principalmente se for um bebê tão pequeno.

Existem algumas coisas que ninguém devia fazer com o filho dos outros. Algumas decisões só dizem respeito aos pais. Então vou contar para você 14 coisas que ninguém deveria fazer com o filho dos outros. É claro que se você tiver mais alguma coisa para acrescentar à lista, fique a vontade para escrever nos comentários.

Veja aqui os 50 palpites mais comuns que as pessoas costumam dar.

Não faça com o filho dos outros:
1-Cortar o cabelo da criança:
Já imaginou se você volta e dá de cara com o seu filho/filha com o cabelo cortado, completamente diferente do que você deixou? Agravante se for um bebê e pior, se for o primeiro corte de cabelo.

2-Inventar apelidos: Apelidos que chamem atenção para um defeito da criança principalmente. Já imaginou se a criança começa a ficar complexada, desde cedo por causa de uma besteira dessa? Até mesmo alguns apelidos fofos podem não agradar os pais. Se a criança já tem um apelido pode usar a vontade.

3-Fazer a criança te chamar de mãe: A mãe não é você, então por favor, não confunda a cabeça da criança. Mesmo que seja carinho, não é legal fazer esse tipo de coisa.

4-Acordar uma criança: Não se acorda quem está dormindo. Principalmente se for um bebê. Colocar esses pequenos anjinhos para dormir não é nada fácil e é nesse momento que a mãe tem um pouco de liberdade para comer, tomar um banho, cuidar da casa e descansar.

5-Visitar um bebê quando estiver doente: Bebês têm a imunidade muito baixa e pegam qualquer coisa. Se estiver doente deixe para visitar o bebê quando estiver melhor.

6-Anunciar o nascimento do bebê antes dos pais: Os pais estão há 9 meses esperando por esse momento, então por favor, não tire esse gostinho dos pais. Só cabe a eles.

7-Colocar brinco na menina: Se os pais não colocaram brincos na sua menininha é por algum motivo. Eu mesma ainda não coloquei na Mia e não quero colocar tão cedo. Ao meu ver essa decisão cabe somente a ela, pois é o corpo dela. Só quero que respeitem o que eu escolhi

8-Oferecer qualquer alimento sem o consentimento dos pais: Doces, frituras ou qualquer alimento que não seja adequado para a idade da criança. Na dúvida pergunte sempre aos pais antes de oferecer qualquer coisa.

Leia também “Uma Carta do Bebê Que Você Ama – Alimentação

9-Comparar duas crianças: Crianças são únicas. Umas aprendem mais rápido uma certa coisa mas vão mais devagar em outros aspectos. Cada uma tem o seu brilho. Então nunca compare as crianças.

10-Dar palpites nas escolhas dos pais: Se os pais escolheram educar por um método X, ou resolveram educar em casa, ou que não curtem certo tipo de alimentação etc. Essas e outras decisões só cabem aos pais. Se eles pediram a sua opinião, aí você pode dar.

11-Colocar foto das crianças nas redes sociais: A imagem das crianças é protegida por lei e cabe somente os pais decidirem quem publica suas fotos em redes sociais. Se você quer publicar alguma foto sua fofa segurando o bebê, peça permissão para os pais antes.

12-Beijar rosto e mãos do bebê: Bebês têm baixa imunidade e a nossa boca é cheia de bactéria. Beijar rosto e mãos pode até ser perigoso. Só a mãe e o pai podem fazer.

13-Rotular uma criança: Chamar alguma criança de enjoadinha, comilão, preguiçoso ou qualquer rótulo não é legal. As crianças podem estar passando por uma fase mas acabam absorvendo o rótulo.

14-Fumar perto de uma criança: Nem preciso falar sobre os malefícios do cigarro, não é? Agora imagina essas toxinas entrando no sistema respiratório praticamente virgem de uma criança ou pior ainda, um bebê? É um estrago terrível.

Quem aí já passou por pelo menos uma dessas situações levanta a mão!

Aproveite para assistir o vídeo também:

Não se esqueça de curtir o vídeo e se inscrever no canal do YouTube!
Edição e finalização Ginger Filmes

Leia também – 13 frases que machucam uma criança – Mágicas de Mãe

101 comentários

  1. Carina comentou

    Mais duas:
    * Não tome banho de perfume se vc for pegar um bebê no colo!!! Tenho pavor quando minha baby fica toda fedendo de perfume dos outros!
    * Não sacuda o bebê. Isso não é brincadeira de se fazer com o bebê dos outros, faça com o seu!

    1. Tauane Kuffner respondeu Carina

      Eu tenho pavor quando meu bebê fica cheirando perfume dos outros, logo troco a

    2. Sara Andrade respondeu Carina

      Tinha um conhecido que toda vez que via meu filho segurava bem forte pelos ombros e sacudia, sacudia. Um dia estava com uma mini lanterna na mão, quando meu filho chegou perto ele acendeu a lanterna “dentro” dos olhinhos dele. Até hoje me pergunto o porquê de não ter reagido a isso.Detalhe: era um velho já, não era menino. Sei que sonhava ter um filho e não tinha. Enfim, meu marido tinha pavor dele, mas como éramos muito amigos da esposa tentávamos manter uma amizade.

      1. Milene respondeu Sara Andrade

        Olá!!! Ah eu já vou logo falando se eu ver alguém com uma câmera na mão e quiser tirar foto do meu bebê, desliga o flash porque faz mal para a vista do bebê!!! E perigoso queimar a retina do olhinho do bebê!!! E tem gente sem noção!!! Abraço!!!

    3. Carolina respondeu Carina

      Bem lembrado! Eu detesto quando a Minha filha vai na minha sogra e volta como se tivesse tomado banho de perfume. A pessoa não se toca!

  2. KARINE DUDA GOMES comentou

    Olha de todas acho que duas minha sogra não aprontou comigo… Eu sei como isso é horrível, saiu com meu filho sem minha permissão, deu água antes de mim, deu papinha só pra não levar ele pra casa(morávamos duas casas dá dela e ela pegava ele e levava pra casa dela) como tínhamos muitos problemas com ela meu marido pedia pra deixar queto… Complicado

    1. Jenny respondeu KARINE DUDA GOMES

      Minha ex-sogra também fez quase todas essas coisas, e eu não podia falar nada que para ela estava sempre errada… Não é de admirar que o casamento não tenha dado certo!

    2. gabi respondeu KARINE DUDA GOMES

      kkkkk a minha idem!!! ja começou no dia que minha filha nasceu, postou uma foto no facebook enquanto eu me recuperava! raiva total!

  3. Gisely comentou

    Amei… poderia acrescentar o fato de avós darem palpites de comida…. de roupas… ou de colocar ou não o bebê em creche… a decisão destas coisas cabe aos pais e não aos avós

    1. Lia respondeu Gisely

      ja pensou que eles so querem ajudar por ter mais experiencias?
      Parem de olhar o lado ruim das coisas…
      credo, quem me dera ter a minha mae ao meu lado pra palpitar na criacao do meu filho.

  4. Simone sagin comentou

    Tem muitas aí que aconteceu comigo. Mas a do cigarro, por favor. Odeio o cheiro e mesmo sabendo fumavam e não lavavam as mãos pra pegar o bebê.

  5. Juliana comentou

    Pegar o bebê no colo sem pedir aos pais.
    Aconteceu comigo, estava no shopping e encontrei um amigo que tomou minha filha de mim sem pedir. Hoje me arrependo de não ter brigado com ele.

    1. Tamo junta. As pessoas acham que pode chegar e tirar a criança do nosso colo qdo querem.

    2. July respondeu Juliana

      Concordo. Um parente pegou minha bebe e simplesmente levou pra sua casa sem nem mesmo me dizer “to pegando hein”. E eu fui reclamar e ainda não gostou. Sai como errada na historia!

  6. Marcinha comentou

    Ja passei por varias situações como as relatadas. Mas a pior foi uma tia deu um pedaço de carne de churrasco para meu bebe de 6 meses que só mamava no peito. tive que colocar o dedo e tirar da boca , que situação de perigo ela me colocou. Ainda riu dizendo que ele gostou.imagina!!!!

  7. Estéfani comentou

    Quando minha filha tinha 6 meses, eu dei a primeira papinha dela e no dia seguinte, eu fui em uma festa de aniversario da prima do pai da minha filha. Nesse dia, o avô paterno da minha filha deu bolo de chocolate pra ela. Eu entrei em panico, tirei o bolo da boca dela correndo e todo mundo ficou me olhando como se eu fosse louca. O pai da minha filha brigou comigo como se a culpada fosse eu ! Os avós paternos da minha filha não me respeitam como mãe e sempre fizeram essas coisas. Até hoje ainda tem pequenas coisas que eu tenho que me impor para me manter no meu espaço de mãe, senão eles tomam meu lugar.

  8. C Stefano comentou

    Acho errado muita coisa mas tem coisas que vc nao pode evitar a nao ser que tome conta do seu proprio filho sempre

  9. Muito bom ,eu passei por várias situações por ser mãe de primeira viagem deram pra minha filha café com 5 meses dizendo que nenhum neto morreu até hoje,tudo gostam de dar palpites

    1. neia respondeu Camilla Araújo da silva santos de oliveira

      uiii tbm passei por isso, hj meu filho tem tres anos, mas na epoca tinha 6 meses eu fui trabalhar e a minha sogra estava de ferias em minha casa, aí deixei o pequeno com ela, qndo voltei ela me contando que deu pãozinho pro bebe, mas molhado no café com leite eu fiquei louca da vida, mas meu marido não deixou eu reclamar, deu diarreia no bebe. Até hj ele não gosta de café.

  10. Vilma Morais comentou

    Já passei por várias situaçõea das citadas,mas a que me incomodava mais é que minha bebê nasceu prematuramente,daí sempre alguem da familia falava,ela já estä na hora de comer polenta,já está na hora de comer arroz e feijão,mas só eu sabia que ela engasgava a toa devido ter ficado entubada,mas nao queria ficar explicando a toda hora.

  11. Lili comentou

    Eu acrescentaria: não dar coisas da sua boca como talheres, copos, garrafinhas. Eu não dou para o meu filho com as minhas coisas, mas já fizeram isso e eu não consegui reagir para evitar mal estar com a família. Muito chato.

    1. neia respondeu Lili

      uiiii, o que mais me irrita quando minha sogra beija meu filho na boca, desde bebe ela faz isso ele esta com 3 anos agora ja esta se defendendo e não deixa, mas me chateia muito isso.

      1. Fabiola quezada respondeu neia

        Neia, uma vez uma tia do meu marido veio dar um beijo na vagina da minha filha. Fiquei “P” e tirei ela. Aí aproveitei a deixa e comentei com minha sogra (que estava doida pra fazer isso tb) que era um absurdo! Como assim uma adulto cheio de bactérias na boca, perigando passar uma herpes (justifiquei que, às vezes, as pessoas não percebem que estão com herpes e pensam que é um machucadinho de ressecado) vai fazendo isso no filho dos outros???? Ela concordou indignada com a atitude da tia.

  12. Daiane Lima comentou

    Tem mt gente sem noção, aconteceu comigo de uma pessoa perguntar o nome do meu filho e eu responder que ele se chama Kaléo, a pessoa me olhou e me perguntou onde eu tinha achado esse nomettão feio e o pior é que ela fez esse comentário na frente dele e depois ele ficou me perguntando pq o nome dele era feio. Nossa fiquei morta de raiva.

    1. Que óóóóódio… Eu acabaria com a pessoa… Poderia ser minha mãe… Que vaca!!! 😠

    2. Alessandra Milassy respondeu Daiane Lima

      Mas é bem feio mesmo. Vao sofrer muito bullying na escola, disso vc pode ter certeza. Nome feio mesmo, de verdade. Desculpe.

      1. Cordélia Garcia respondeu Alessandra Milassy

        nome lindo <3
        Desculpa ai Alessandra…. mas feio é ficar falando dos outros

      2. Priscilla respondeu Alessandra Milassy

        Alessandra, ele só vai sofrer bulling na escola se os coleguinhas de classe dele tiverem sido educados por mamães como vc, que não tem respeito e empatia pelos outros. O nome dele não é feio, é diferente e bonito!

      3. Tem comentários que guardamos para a gente. Feio é sua falta de respeito.

      4. Camila Fernandes respondeu Alessandra Milassy

        Alessandra Milassy, você é uma pessoa realmente desagradável. Me dei ao trabalho de me cadastrar aqui apenas para dizer que você é uma pessoa sem luz, mal educada, sem empatia e sem educação. Vai sofrer muito na vida, por isso. De verdade.

        Obs: O bullying (un crime cruel), so existe nesse mundo por causa de pessoas cono você, que não sabem respeitar os gostos e as escolhas alheias e acham que precisam impor sua opinião medíocre.

    3. Sandra respondeu Daiane Lima

      O nome do seu filho não é feio, é diferente e tem uma história por trás da sua escolha com certeza, as vezes antes mesmo dele ser concebido. Eu achei lindo e achei uma super falta de respeito da parte da outra mãe, comentando que vai sofrer com apelidos ou coisas assim.
      Mães respeitem as escolhas do nome dado aos filhos de amigas, irmãs e outras…
      Com certeza tem história e um grande significado e faz parte da história dessa criança junto aos pais.
      É isso…

    4. Eduardo Lira respondeu Daiane Lima

      Kal-El – Nome Kriptoniano do Super homem! Que se torne um super homem tb! Parabens pela escolha do nome!

    5. Rodrigo Faro respondeu Daiane Lima

      O nome é feio mesmo, nome modinha, deve ter visto algum personagem de novela.

    6. Bruna respondeu Daiane Lima

      Kaléo eu achei é muito massa!

    7. Daniele respondeu Daiane Lima

      Aconteceu comigo, Sofri bulling da atendente de caixa do supermercado quando soube que o meu bebê vai chamar kalel, disse pra mim que era horroroso na cara de Pau mandou eu colocar Rafael, vi grande diferença. só que não.(Gabriel,Rafael,Daniel,Samuel,Miguel e no caso kaleo ou kalel) todos terminam com mesmo som pra mim da no mesmo. Povinho mau caráter q gosta de desfazer nos outros. Nem liguei

  13. Por favor… Mais empatia e respeito com as mamães. .. Ter q lidar com essas situações desgastantes é muito difícil nesse momento… Estava eu escolhendo uma foto especial pelo nascimento da minha filha e sogra postou uma dela no berçário sem roupinha toda embaçada e ainda marcou toda a família! Recebeu todos as nossas felicitações. .. E não pode nem reclamar!
    Nesse FDS veio visitar meu BB doente… Qdo disse pra evitar pegar no colo ficou bem ofendida e meu marido brigou comigo… Há! Não queria passar por isso nesse momento!

    1. Beatriz respondeu Vã Villac

      Aff que ódio….tem sogras que pelo amor de Deus

      Eu ja passei por cada uma com a minha também. ..até água de torneira ela já usou nas mamadeiras do meu filho , além de dar frutas velhas e estragadas….por causa dela já quase deparei do meu marido umas 50 vezes kkk

      Tem que rir pra não chorar

  14. vera comentou

    Todas são itimas mas acrescentaria uma que aconteceu comigo…a mãe do meu ex pegava meu filho do berço quando estava dormindo o deixava bem agitado e depiis ia embora…e quando já estava quase falando ela me chamava pelo nome e não mamãe só o filho ela se referia como papai…

    1. A minha tbm faz isso. Aff! Sogras são um bando de cobras. Eu falei pró meu marido que não a queria em minha casa todos os dias, que eu dormia no horário que ela chegava. Então ela chorou para a família toda e disse que eu a humilhei. Mentirosa! Aff nojo! Mas essas coisas acontecem tbm infelizmente pq nossos maridos dão espaço.

  15. Karoll comentou

    Bla bla bla… Sou mãe de dois filhos e não sou bitolada assim… Pessoas frescas criando crianças mimadas e frescas … Desculpe mas é verdade!

    1. Carol respondeu Karoll

      Menos, menos…Respeito não é frescura. Algumas vezes as crianças correm riscos desnecessários por causa de pessoas que acham que entendem de tudo, porque já criaram filhos…algumas deixavam com outras pessoas e nunca realmente cuidaram de bebes.

    2. Eliane respondeu Karoll

      Concordo com vc , muito blá-blá-blá

    3. Juliane respondeu Karoll

      Frescura ou não cada mãe sabe o que é melhor pro seu filho e não cabe a ninguém julgar. Se cada um cuidasse só do seu e não desse pitaco na criação do filho alheio essa discussão nem existiria.. desculpe mas isso é vdd

    4. Verdade,tem coisas que não se faz com o filho dos outros,mais a maioria aqui é muita frescura, que povinho cheio de mimimi.

    5. celina respondeu Karoll

      concordo com você ,que mães cheias de mimimis ,frescuras………

    6. Isso não é ser abitolada, e sim ser uma mãe com conhecimentos suficiente para saber os malefícios que tudo isso pode trazer à criança, como também a falta de respeito dos outros em menosprezar a vontade da mães.

  16. Elizabete comentou

    Penso que, as pessoas não fazem por mal….querem dar sua contribuição, nem que seja com um conselho…Para que isso não aconteça teríamos que criá-los em uma redoma….

  17. Juliana comentou

    SOGRA ENCHERIDA, passar a noite no hospital com a nora (pós parto). Isso é papel do marido (papão).😤

  18. Marcela comentou

    Afff,comigo aconteceu com quase todos os itens sitados😒,eu não gosto q dee palpites em nada do meu filho,as vezes quando eu tô por aqui😣 eu falo alguma coisa,as vezes deixo a pessoa conversar e entra em um ouvido e sai no outro!

  19. Celma comentou

    Eu também não concordo com certas atitudes, então, cada mãe que cuide de seu filho o tempo todo… Sem essa de deixar pra ir resolver umas coisas na rua, se não, é leite de vaca na certa.

  20. Lidiane Fonseca Madeiro comentou

    Faltou o fato de alguns familiares oferecer chupeta as crianças sem permissão

  21. Monise comentou

    Se a pessoa fez o favor de cuidar do BB pra mãe sair por algum motivo importante acho que não ha muito que a mãe reclamar,a não ser que realmente aconteça algo que ponha a vida do BB em risco.Senão pague uma pessoa para cuidar do seu filho,daí sim pode reclamar!!

  22. Ariana comentou

    Acho que já passei por quase todas as situações, mas a que mais me irrita é a comparação e pior comparação com criança de dois ou três meses mais velhas… É tanta falta de informação que acham que minha filha com 4 meses tem q fazer o mesmo ou até mais que a de 7 meses faz… Afffff E os palpites e comentários são irritantes… Crianças choram e isso é normal, não vão morrer pq estão chorando, e ninguém vai morrer tbm por escutar o choro… Então se te incomoda saia de perto, mas fique com sua boca fechada e guarde seu palpite pra quando alguém te pedir ou pra usar com seu próprio filho! Eduque e cuide do seu antes de querer cuidar do meu! O meu cuido e educo eu!

    1. Rose respondeu Ariana

      Não admito que ninguém de palpite sobre os cuidados com meu filho. Isso cabe aos pais, odeio que comparem meu filho a outras crianças, não admito apelidos, odeio que deem algum alimento sem minha autorização, e pior ainda quando tiravam ele do meu colo. Era como se eu não tivesse poder algum, tinha gente que simplesmente arrancava ele do meu colo. Fora os pitacos na amamentação, e tinha gente também que ficava emcima encima de mim enquanto amameamamentava. Isso para mim, era o fim.

    2. Tbm odeio comparações. São totalmente desnecessárias. A cunhada do meu marido tem essa mania ridícula. 😡

  23. Suzeth comentou

    Todas as mães já passaram por isso, é muitas irão passar, o q não pode é criar seu filho numa redoma, melhor é ir contornando as situações e não se estressar, vigie sempre seu bebê se possível quando estiver de braço em braço.

  24. Lauren comentou

    Por isso essa criançada ta enjoada pra caralho. Tem coisas que eu concordo, outras são frescuras.

    1. Barbara respondeu Lauren

      Por isso as pessoas estão tão intrometidas, ao invés de simplesmente respeitar, acham que o que é importante para o outro uma frescura.

  25. Ysla comentou

    Sei que várias mães já passaram por inúmeras situações. Minha bebê já está com 1 ano e 7 meses e ainda bem que não passei por essas situações, pois todos sabem que sou sincera e digo na cara. Se alguém fizesse qualquer coisa dessas citadas, fosse minha mãe, sogra, marido, irmã, tia, eu falava logo e brigava. E se meu marido achasse ruim ele levava tb. Sou mãe e quem sabe oq é melhor para a minha filha sou eu. Quando eu quiser opinião doa outros, eu peço. E tenho dito.

  26. Cristina comentou

    Quando você deixa seu filho com alguém é porque você confia nessa pessoa, porém isso não dá o direito de interferir na alimentação ou criação dele. Deixo meu bebê com a minha Irma para eu trabalhar, porém a oriento do jeito que gosto que faça com o meu filho. Ela faz exatamente o que peço, porque mesmo não concordando com alguma coisa, respeita meu jeito. Minha sogra é totalmente sem noção, uma certa vez ela quis dar o osso da galinha pro meu bebê com 4 meses na época para chupar. Quase matei ela com o meu olhar. Outra vez meu bebê estava chorando porque não queria ficar sentado com o tio e eu fui pega-lo ela insinuou que eu fazia todas as vontades dele com ironia. Eu disse que fazia sim e que em minha casa todos fazem e aí daquele que não fizer. Resumindo, eu não confio nela para ficar com meu filho, ela fica doida pra tomar conta dele e eu não deixo de jeito nenhum. Meu filho, minhas regras. Ou a pessoa respeita ou eu me afasto. Simples assim… o filho é meu, de minha responsabilidade, carrega o meu nome e saiu de dentro de mim. Portanto eu o crio do jeito que quiser.

    1. Vava 021011 respondeu Cristina

      Isso!!! Somos duas…sou e penso exactamente assim 🙂 😉

      Quem achar que são frescuras que faça o seu sem frescuras…simples!!! 🙂

  27. Garciarib comentou

    Sacudir, acordar o bebê, dar palpites na alimentação, no comportamento dá criança, achar que tem direito só pq é parente, e o pior pra mim é beijar a criança na boca, meu Deus, tem gente louca que faz isso, nunca deixei nem que beijassem no rosto imagina na boca. Eu até hj, ele tem 6 anos, não beijo na boca do meu filho. E tb padrinho achar que pode bater pra corrigir, nunca aceite ninguém brigar com sua filho. Quem educa e pai e mãe.

  28. Vinny comentou

    Resumindo, só olhem a criança no berço e se ela for daquelas bem “feinhas” diga: Que fofa! Só isso e mais nada, morro de medo de ser incoveniente!

  29. Não é frescura, depois os pais é que têm que levar a criança para o hospital.

  30. Maria Toffoli comentou

    No item 8, eu acrescentaria: principalmente se a criança tem algum tipo de alergia alimentar.

  31. Francianne comentou

    Outra coisa é dizer coisas ruins que aconteceram com bebês para pais de primeira viagem… Isso deixa os pais muito assustados!

  32. Rachel comentou

    Já passei por várias situações… Darem refrigerante pro meu bebe de 1 ano quando nem eu nem meu marido tomamos, falando q o mesmo está com sede ou que está com vontade.
    Minha mãe tentando fazer ele a chamar de mãe, como se fosse a coisa mais normal do mundo, tentando deixar ele confuso.
    Minha sogra aproveitando q fui ao banheiro ou tomar banho pra tirar ele do berço e acordar ele é beijando ele, dizendo q depois ele dorme de novo, isso ressennascido, até hoje com um ano e 7 meses ele não gosta de colo, e se ele a pega faz de tudo pra escapar…

  33. Thalita comentou

    Que falta de respeito, afffff. Kaléo é um lindo nome e mesmo que não fosse, cabe aos pais decidirem isso. Bulling? Com certeza, o filho dessa pessoa que teve capacidade de fazer um comentário desse, é ou será um praticante; crianças aprendem com os pais. Bla, bla, bla? Minha filha nasceu prematura de extremo baixo peso e hoje,com 1 ano, brinca na terra, fica no chão, mas passou por uma série de restrições. Penso que se existem crianças chatas, é por serem criadas por pais insuportáveis que não respeitam as pessoas e seus valores. Mamães, não deixem que a família do marido limitem ou intimidem vocês, imponham-se, são vocês que sabem o que pode e o que não pode.

  34. Taci Pujol comentou

    Daiane meu bebe tem dois meses. E tem o mesmo nome só com a escrita diferente: Caleo. Pras pessoas ignorantes e burras é o nome do superman…se atualizem. Pra mim é o nome mais lindo do munndo. Mostra o filme do homem de aço p ele e ele vai se sentir um super herói. Bjoo

  35. Naya paz comentou

    sabe aquele ditado,quem pariu Mateus que balançe,então é bem por ai,quem não quer opinião ou mesmo uma simples orientação dos outros ,faça como eu cuide de seus filhos sem precisar de ninguem,e si garanta na educação deles sem se preoculpa em querer impor aos outros como deve ser com seus filhos,pense bem seja mãe,mãe samos toas iguais sem diferença alguma,mãe sem frescura.

  36. Liliane comentou

    Além de ja ter feito quase todos os itens, madrasta da minha filha a leva para festas quando a menina está com catarro! E já disse que é para a nenem parar de mamar no peito!

  37. Ana Carolina comentou

    Nossa o que mais me matou de ódio foi eu pedir meu sogro para buscar meu filho de 3 anos na escola e sair pra dar voltinha de onibus pela cidade. Liguei do meu serviço pra saber se estava tudo bem, quem disse que encontrava ele, ninguem da familia sabia onde ele tinha ido, sabiam que tinham ido buscar meu filho na escola. Poh, ele tem 60 anos, sofre de labirintite, e o meu filho com apenas 3 anos. Fiquei possessa. Se alguma coisa acontece com ele, meu filho ia ficar como? Pq ninguem sabia que ele ia fazer isso, ele nao me consultou pq sabe que eu nao gosto que faça isso, e ele saiu com ele pra dar ‘voltinha ‘ de onibus no horario de pico, 18hs. A desculpa dele na hora que cheguei la feito doida, nem olhei pra cara direito, foi que meu pequeno é apaixonado por onibus e ele resolveu dar uma voltinha vom ele. Depois desse dia nunca mais deixei ele buscar meu filho mais na escola.

  38. Mayara comentou

    Ficar equilibrando o bebê com uma mão só e virar de ponta cabeça eu odeio q faz isso , e pior ainda é que faz como se fosse a coisa mais normal do mundo.

  39. Marília Fontana Garcia comentou

    Acho que aconteceu só comigo: a ex-sogra levar o filho para ser batizado, à revelia dos pais!

  40. Fernanda comentou

    Moro com meus sogros e sempre deixo claro minhas regras com minha BB. Faço barraco mesmo, minha filha tem a mim p defende la de pessoas entrometidas e sem noção . Não me importa quem seja não admito q faça nada q não seja de conceito da minha criação inclusive não recebi visitas na maternidade e em casa só depois de un mês . Justamente p evitar os entrometidos e sem.noção . Que se dane as mães q deixam os filhos a mercê da própria sorte da minha filha cuido eu .

  41. Aline comentou

    poderia acrescentar também * Não queira decidir tirar o peito da criança antes da mãe decidir , afinal . O Peito é da mãe, ela quem decide até que dia vai amamentar

  42. Camila Fernandes comentou

    Perfeito, Priscilla.

  43. Meu Deus! Acho que já passei por todas… Sério! É muita falta de noção de certas pessoas…

  44. Pry comentou

    O pai da minha filha levou ela na casa de um amigo de infância. Ele o considera como irmão, e os pais do amigo, como pais dele!!!
    Minha filha na época tinha 3 anos(agora 5).
    Ela tem bronquite, e não pode comer embutidos e corantes!!!
    Lá, a “mãe” do meu esposo deu salsicha para a minha filha!!! (Ela sabia que não podia, e falava que era frescura).
    Enfim, ela passou muito mal levei ao hospital,ela passou a noite toda tomando medicamentos.
    Aah e ele não falou nada para a “mãe”dele!!!😒

  45. carla comentou

    Só estão esquecendo de uma coisa, umas leis absurdas que estão implantando, querem nos tirar o direito de ensinar nossos filhos sobre Deus, ouve um professor que perseguia minha filha por ela ser evangelica. E estão querendo tirar a inocencia de nossos filhos com estes ensinos de ideologia de genero, e deixá-los confusos pois já não querem que digam que é menino ou menina, querem que eles escolham o que querem ser. Embora não concorde com muita coisa, respeito, porém gostaria tambem de ser respeitada da mesma maneira. Meus filhos devem ser educados pelos pais, não pelos professores, ou governo. Regras não devem ser aplicadas somente aos bebês, pois filhos, devem respeito aos pais, e terão a oportunidade de escolher o que quiser ser quando estiverem com suas emocões e ideias formados. São os pais que devem educa-los , alimenta-los e ama-los, de preferencia serem bons exemplos para estes presentes que Deus nos deu.

  46. Tauane Kuffner comentou

    Meu bebe vai fazer 2 meses, e tenho uma vizinha que mora no mesmo pátio, gente do céu, como tô sofrendo, e o pior que ela falou pro meu marido que não vê a hora do Lorenzo completar 4 meses para dar uma carninha e um ossinho pra ele chupar, eu fiquei louca quando ele me falou, obde já se viu, quero amamentar exclusivamente até os 6 meses, e quando for dar é algo pra comer não vai ser carne, nem chocolate e muito a menos refrigerante. até então fico evitando ela, quando ela bate lá em casa pra ver o nenê finjo que tô dormindo e não escutei, kkkk.

  47. Tauane Kuffner comentou

    Outro dia sai e fiquei a manhã toda com o bebê na casa de uma mulher que meu marido tava fazendo serviço, meu neném é bem calmo, mas ele mama melhor deitadinho na cama, e aquele dia eu estava com os seios cheio de leite e tinha que dar de mamar sentada, ele começou ficar irritado pq não conseguia mamar, era muito leite, então ele não mamou direito, tentei várias vezes e por último ele conseguiu manter o ritmo do leite mas aí começaram falar que o Lorenzo tava estufado de tanto mamar, mas o coitadinho arressem tinha conseguido, não me deixaram mais dar peito pra ele e tiraram ele de mim, o coitadinho não parava de chorar, começaram falar que ele tava bardoso e com cólica, ele nunca teve cólica. Sei que quando cheguei em casa ele não parava de chorar deitei na cama e dei mama pra ele, pronto dormiu igual um anjinho o pequeno tinha fome . Não sei pq ficam se metendo eu sei quando ele tá matando, quando só tá chupetando o seio, só nos maes sabemos

  48. Minha sogra e meu sogro fumavam e carregavam meu filho bebezinho e, se eu falasse algo eles brigavam e falavam mal de mim pro bairro todo dizendo que eu era a fresca da cidade grande que tinha vergonha do pessoal do sítio.
    Também aconteceu de, com 4 meses e mamar só no peito, deram caldo de feijão pro meu filho sem pedir.
    Minha sogra nunca ia em casa e quando ia, carregava meu filho forçado e, para ele parar de chorar, ensinava-o a jogar frutas no chão e falava para fazer isso na casa dos outros.
    E, vou ficar por aqui, porque se eu for relatar tudo, escrevo um livro 🙁

  49. Marcela comentou

    Minha sogra cortou o cabelo do meu menino pela primeira vez, achando que estava na hora. Quando vi, não consegui reconhecê-lo, parecia que não era meu filho. Chorei de culpa por duas semanas, eu sabia que era ele, mas tudo em mim o rejeitava… Choro até hoje ao lembrar, que sensação terrível!

    1. Rubia Shanasis respondeu Marcela

      Nossa! Sinto muito mesmo! Sofri aqui contigo! Eu nem tenho filho ainda, mas para mim isso é uma violência, amo o cabelinho dos bebes bem grandinho… Achei até que não iria encontrar nenhum comentário sobre um ocorrido desses, de tão absurdo que é imaginar uma coisa assim acontecendo!

  50. Gabyy comentou

    Minha filha agora tem 1 ano e 8 meses mas ate hoje meus pais e parentes gostam de dar palpite em td oq faço, sei q sou mae de primeira viagem mas eh com erros q aprendemos. Qdo a minha bebe era recem nascida eu era mto chata em questao de higiene. As pesskas n tinham o simancol de lavar as maos e passar alcool em gel. Toda vez eu tinha q falar. Detalhe se vc for visitar um RN tome pelo menos um banho e higienize as maos e rosto. Beijar crianca ja eh terrivel agora imagina com Batom Vermelho. Odeio isso ate hj

  51. Lays Maciel comentou

    Eu tenho um irmão, sempre que ele pegava meu filho no colo ele de imediato o jogava pra cima. No início meu filho sempre sorria, ele não tinha noção do que era sentir medo. O tempo foi passando e meu irmão sempre a repetir a brincadeira “sem graça”, resultado: Arthur pegou trauma, sempre que pego ele no colo ele me agarra com força, seus olhos deixam transparecer o medo, e logo em seguida chora. Isso não é nada legal!

  52. Jaiana M L Costa comentou

    Levantar a criança acima da cabe e jogar para cima isso me deixa furiosa meu filho não é saco de batata então quer ficar jogando ou até mesmo sacodido faça seu próprio filho aí então faça oq vc quiser já passei por quase tds descritas aí em cima e sim isso não é nem um pouco legal tdas as decisões só cabem aos pais por isso não façam e não sem palpite a não ser q os pais pessa….

  53. Carolina comentou

    Me idetinfico com muitas situações relatadas. Só não consigo entender porque permitimos que as pessoas façam essas coisas com nossos filhos ou porque nossos maridos permitem que façam conosco em nome do “vai se ofender” ou “deixa pra la”. Repeitar os parentes, sogras etc é importante mas acho que já esta bem na hora de respeitar as mães e bebês.

  54. Vava 021011 comentou

    Detesto que passem por cima das minhas regras na criação dos meus filhos…

    Não dou refrigerantes e doces e fico furiosa quando o fazem…sou de opinião que até que cresçam e decidam por si…a vida é saúde deles cabe aos pais…principalmente no que diz respeito à alimentação e formação de personalidade…pois no fim do dia não são as pessoas que irão sentir na pele consequências desastrosas de coisas que se podiam evitar e os pais sempre lutaram por isso mas houve quem achasse que fosse frescura…

    Em fim…cada um que cuide do seu e respeite os outros. 🙂

  55. Concordo com tudo…

    Quando minha bebe tinha 5 meses fomos a um lanche na casa da bisavó dela que fazia anos. Dei um berro enorme quando vi a senhora a dar colherinhas de mel à boca da minha filha! Ainda disse: que mal faz??

    Ao contrário de muita gente aqui, tenho a sorte de meu marido concordar sempre comigo e ser o primeiro a perguntar o que ela pode comer…

    Outra coisa que odeio é ficarem querendo beijinhos e miminhos da minha filha e lhe segurarem contra a vontade dela. Ela agora tem 18 meses, mas ainda não dá beijos (nem na mãe, quanto mais nos outros!) e não gosta que lhe toquem, sejam adultos, sejam crianças…

  56. Juliana iannone amaral vital comentou

    Meu filho ficava na vasa da minja sogra um dia qdo cheguei do trabalho minha cunhada tava cortando o cabelo dele, ele tava na franja ainda e foi só o q cortou pq ja tinha começado ficou torto ainda aff. Tave ainda uma outra vez chegou falando q a avó tinha falado q o papai noel nao existia e dessa vez até meu marido falou, ela disse q na epoca dela não tibha essas coisas e pq ela não teve essa magia na epoca dela ele tb não poderia ter?

    1. Rubia Shanasis respondeu Juliana iannone amaral vital

      Nossa, tadinho! Não acredito que estou lendo isso outra vez! Como é que alguém se acho no direito de tirar um “pedaço” do nosso filho sem o nosso consentimento?! E essa parte de dizer que Papai Noel não existe é muito falta de sensibilidade…

  57. Abigail Loyola comentou

    Minha filha tem dois anos, mais lembro como se fosse ontem… Dias depois que ganhei minha filha, minhas tias e uma prima foram visitar minha bebê, quando chegaram lá, essa minha prima me perguntou o nome dela e falei Ana Eliza ai então ela me solta a frase ” nossa “Abigail tanto nome bonito no mundo e você coloca esse nome?” Juro que pasmei olhei com uma cara “ãnn?” Eu toda acabada por causa do parto normal e ainda tive que escutar uma dessa, fora tudo que ja escutei. So a paciência de Jesus.

  58. Daiane comentou

    Nossa…acho que tenho infinitos incomodos com esses palpites e atitudes sem noção. Tenho 3 filhos 9anos, 5 anos e 1 ano então, passo por várias situações cotidianamente irritantes. Posso lista-las por horas
    1. Dar papinha Nestlé sem perguntar (porque considera que o produto por ser para bebê é totalmente saudável). Pra Que dar papinha de banana se pode dar a própria banana. Atitude de sogra, óbvio.
    2. Sempre sou parada por pessoas pra me dizerem que o sol está nos olhos do bebê, como se o sol das 8h da manhã ou até mesmo um segundo de sol forte enquanto vc está atravessando a rua num lugar onde não tem sombra fosse derreter completamente o bebê.
    3. Ficar torcendo o nariz quando digo que uso fraldas de pano. Como as pessoas não têm consciência ecológica e não sabem como funcionam essas fraldas modernas acham qur a gente usa fralda plástica e que deixo meu bebê assado … e qur no fundo sou uma hippie que não cuida bem do bebê.
    3. Ficar incomodado quando vc não sabe o que o bebê tem e não consegue acalma-lo e então decide arrancar o bebê do seu colo porque se acha muito mais capaz do que você.
    4. Competir com você quem cuida melhor do bebê.
    5. Sempre quando chego em algum lugar as pessoas me perguntam se o bebê já mamou ou já dormiu? Fico até hoje me perguntando por qur diacho as pessoas querem saber isso? Que diferença faz. Olhe o bebê, converse comigo e curta o momento. Os cuidados ficam por conta dos pais.
    6. Querer dar o primeiro banho em casa
    7. Querer fazer o primeiro corte de unha por não considerar a mãe ou o pai capazes de fazerem isso.
    8. Ficar dizendo que a roupa do bebê não está adequada, que ele está com frio ou calor.
    9. Visitar o bebê em caravana quando ele nasce. Ou fazer visitas super longas que nunca acabam e incomodam muuuuuito.
    10. Dar palpites sobre como vc amamenta.
    11. Pegar o bebê do berço ou do carrinho sem permissão.
    12. Pedir pra segurar o bebê e não devolver nunca mais…irritante!
    13. Ficar insistindo que o bebê está com sono mesmo depois de vc já ter afirmado que ele acabou de acordar.
    14. Dizer que o bebê não pode ficar sem meias. Uma certa vez uma senhora me parou na rua pra dizer que meu bebê não podia ficar sem meias pois o pé gelado deixa o pulmão gelado…o que? Tava um puta calor e de onde essa senhora tirou essa bizarrice!!!
    15. Chamar somente a mãe quando o bebê chora ou as crianças se machucam deixando bem claro pra vc que quem tem que educar é a mãe e não o pai. O pai precisa de tempo pra conversar e esfriar a cabeça porque cuidar de filhos e ser casado cansa muito. Aaaafiiii…ninguém merece!

    Nossa…São infinitas…
    Desde que meu primeiro filho nasceu fiz anotações pra que eu pudesse reler sempre e nunca encher o saco de ninguém. E pensando que num futuro serei avó e quero ser uma avó que respeita os pais e curte os netos intensamente.
    Esse assunto precisa ser mais discutido. Chego a conclusão de que as pessoas são muito desrespeitosas, invasivas e muuuito mal educadas! Dê sua opinião somente se ela for solicitada!!!

    1. Amanda respondeu Daiane

      Concordo com você

  59. Karyne comentou

    Quando fiz a primeira ultrassonografia, eu e meu marido enviamos as fotos para as pessoas mais próximas. Uma delas foi minha sogra, que resolveu publicar no Facebook e anunciar para todo mundo que eu estava grávida sendo que eu estava aguardando fechar o primeiro trimestre para fazer isso. Raiva não define o que eu senti.

  60. Ruth comentou

    Isla👏👏👏👏

  61. Andressa comentou

    Minha mãe deu
    O creme do sonho para minha bebê de 6 meses que começou a IA a 17 dias.
    Ela vomitou no dia seguinte a jato. Tivemos que levá-la pro PS, ela ficou mto mal, prostrada, chorando. De partir o coração. Claro que minha mãe não fez por mal, mas Infelizmente deu nisso. Hj a minha filha já esta
    bem melhor.
    Fica o aprendizado e o recado pra toda família que eu tenho que permitir qlq coisa na vida da minha bebê.

  62. Ângela comentou

    Nossa, que bando de mulher chata do caralho. Tenha a do.

Deixe seu comentário!