Bico de Silicone – Herói ou Vilão?

Amado ou odiado, o bico de silicone está sempre por aí. É muito comum vermos mulheres comprando vários bicos de silicone de várias marcas ou recebendo indicação de uso antes mesmo do nascimento ou nas primeiras horas de vida do bebê. Afinal de contas, devemos ou não usar o bico de silicone, e por qual razão?

O Bico de silicone foi desenvolvido para proteger o mamilo sensível ou fissurado, porém, é preciso saber em quais casos ele pode ser utilizado, é preciso esgotar diversas outras possibilidades pra diminuição de dor no ato de amamentar, é preciso acompanhamento de um profissional na introdução e que sejam observadas as instruções de uso, higiene e também de desmame.



Primeiro, é preciso saber algumas desvantagens do uso do bico de silicone, para auxiliar na decisão :

  • O uso incorreto/sem acompanhamento profissional pode aumentar as fissuras e a dor.
  • O uso incorreto poderá ocasionar uma deficiência na retirada do leite, e por essa razão causando empedramentos, mastites e baixa ingestão de leite materno.
  • Você precisará de paciência no momento do desmame, que deve ser feito preferencialmente de forma gradual.
  • Por ser um bico artificial, o bebê deverá aprender novamente a mamar no seio, quando for feito o desmame.
  • Se indicado sem necessidade, pode também minar a confiança da mulher no processo e na sua capacidade de amamentar naturalmente.

Mesmo considerando todas as desvantagens, caso o uso esteja recomendado, devemos observar os seguintes pontos importantes :

  • Optar preferencialmente  pelos bicos de silicone que possuem espaço para o contato do nariz do bebê com a mama da mãe. Esses modelos possuem um espaço no meio, parecendo uma borboleta.
  • Optar pelos modelos mais finos e transparentes.
  • Acompanhar a ingestão de leite, se o bebê possui pelo menos 6 fraldas de xixi por dia e como está a liberação das fezes de acordo com a sua idade.
  • Acompanhar de perto o ganho de peso do bebê.
  • Observar se o bebê faz a mamada efetiva, sinais de que está engolindo o leite, se a mama parece mais vazia e macia após a amamentação.
  • Caso as mamas não estejam sendo esvaziadas corretamente, lembre-se de retirar o leite que estiver empedrado/parado nas mamas.

Caso indicado, o bico de silicone normalmente é utilizado por um período seguido de um desmame. Seguem algumas dicas para o período do desmame :

  • Experimente diferentes posições para amamentar. Alguma delas pode facilitar a pega do bebê no seio nu.
  • Antes de oferecer o seio sem o bico ao bebê, tente utilizar a bomba ou algum apetrecho que alongue o mamilo, por alguns minutos, para facilitar a vedação na pega.
  • Utilizar a bomba (apenas alguns minutinhos) antes de amamentar também pode estimular a descida do leite de forma que o bebê fique mais alerta com a saída rápida e não desanime no período inicial até a saída do leite em si.
  • Fazer a compressão da mama também pode ajudar a deixar a mama mais firme e facilitar na saída do leite.
  • Antes de amamentar, oferecer o dedo mindinho para o bebê sugar como forma de treinamento para o correto posicionamento da língua, que deve ficar abaixo do dedo (assim como ele deveria fazer no mamilo) e não alta/empurrando o dedo para fora.
  • Observar os sinais de fome para não levar um bebê faminto e impaciente ao seio. Se houver muita dificuldade em fazer o bebê pegar o seio nu, você também pode tentar amamentar sem o bico de silicone enquanto ele estiver dormindo ou durante o banho, mais calmo, fazendo bastante contato pele a pele.
  • Observar quais horários o bebê está mais receptivo ao seio nu. Se o bebê estiver muito irritado com a tentativa, acalme-o, se acalme e tente novamente depois.
  • Tentar  remover rapidamente o bico de silicone no meio da mamada, caso esteja muito difícil já iniciar sem ele. Ficando cada vez menos tempo com bico e mais tempo com o seio nu.
  • Tentar não focar em retirar o bico de silicone a qualquer custo. Se o  bebê estiver com ganho de peso adequado, há tempo para retirar de forma gradual e menos estressante. É melhor mamar diretamente no seio materno com o bico de silicone, do que não mamar 🙂
  • Respeitar o limite da mãe e do bebê, amamentar pode ser difícil mas não deve ser uma agonia sem fim. Algumas pessoas usarão o bico de silicone por um tempo maior, outras conseguirão retira-lo em alguns dias. Cada dupla é única e é preciso respeitar o tempo de cada uma.

Você teve alguma experiência com bico de silicone? Tem alguma dica ou dúvida? Me conta nos comentários!

 

camilla mendes consultora em amamentacao rio de janeiro

Camilla Mendes é Consultora em Amamentação e Educadora Perinatal e atua na cidade do Rio de  Janeiro.
Tel: 21 99688-3111 (what’s app)
E-mail: moira.consultoria@gmail.com
Facebook Moira Consultoria em Amamentação e Educação Perinatal

Deixe seu comentário!