Dicas Para Ir à Praia com Bebê e Criança com Tranquilidade

Dicas Para Ir a Praia com Bebe e Crianca com TranquilidadeAlto verão e morando em um país lindo e tropical como o Brasil, cercado de praias maravilhosas, não tem como deixar de ir à praia com os bebês e as crianças.
Então, atendendo pedidos, hoje eu venho trazer dicas de como aproveitar ao máximo a praia com os pequeninos.

1-Que idade é boa para levar a praia?
O meu conselho é que não leve bebês menores de 6 meses pelo simples fato de não poderem passar protetor solar (nem mesmo aqueles feitos para bebês). A partir dessa idade pode levar à vontade. Porém, o ideal é que a criança já sente bem durinha para ficar sentadinha no chão, seja na areia ou em cima de uma canga ou toalha, para dar uma folga para a mamãe e para o papai.

Levamos a Mia com 7 meses para a sua primeira praia e ela ficava tombando muito. Resolvemos o problema cavando um buraco no chão e a colocando ali.



2-Proteção solar:
Aqui você tem duas opções que devem ser usadas juntas: roupas com proteção solar + protetor solar.
Chapéu com proteção solar – preste atenção se o chapéu sobre as orelhas, a nuca e o rosto. Esse é um item essencial para poder cobrir principalmente a cabeça das crianças, pois o couro cabeludo também pega sol, queima e descasca (fora o perigo do câncer por causa do sol).
Camisas com proteção solar – O ideal é comprar camisas com manga comprida. Eu caí na besteira de comprar camisas com manga curta e, mesmo passando protetor solar com fator 60 e indo à praia no sol da manhã o braço dos meus filhos queimou e ficou bem vermelhinho. A roupa com proteção solar protege muito melhor do que o protetor solar. Mas o ideal é passar o protetor próprio para idade, esperar o protetor solar secar (5 minutos ou um pouco mais) e aí colocar a camisa com proteção.
Protetor solar – Ao comprar um protetor solar tome muito cuidado que marca escolher. Eu sigo a pesquisa do Proteste de quais protetores solares são os melhores… mas a verdade é que essa pesquisa já é antiga. De qualquer forma eu uso ou Nivea Baby ou La Roche Posey kids/Baby (Anthelios), porque são esses que eu confio. Já ouvi falar que algumas marcas não funcionam bem e o bebê teve queimadura.
Não esqueça de reaplicar a cada 2hs.

Leia aqui mais detalhes sobre roupa com proteção solar e protetor solar.

 

3-Que horário ir à praia com bebê / criança?
O melhor horário é antes das 10am e depois das 16hs. Por experiência própria, o sol da manhã é melhor por esquentar mais. Aqui costumamos chegar as 8am na praia. Deixamos as crianças pegarem sol até as 10am (usando protetor solar, chapéu e roupa com proteção solar) e depois desse horário só sombra, mesmo com todo arsenal de proteção.

4-Diversão para as crianças:
Caso você não arrume algumas coisinhas para as crianças brincarem, elas logo vão enjoar e querer ir embora da praia.
Piscininha: Essencial ter uma piscininha. Piscininhas são sempre ótimas opções porque crianças de várias idades curtem. Mesmo na sombra, após o horário que as crianças podem aproveitar, você pode colocar água doce e eles ficam curtindo na sombra. O ideal é não encher muito a piscininha porque se a criança tombar, ela não se afogará. Se você tem dois filhos ou mais procure uma piscina que caibam pelo menos duas crianças ao mesmo tempo dentro.
Baldinho, pás e forminhas. Outro item indispensável na minha opinião. Tanto o meu bebê de 11 meses quanto o meu filho de 3 anos e meio curtem bastante brincar com baldinho, pás e forminhas.
Bóias: Para um bebê o ideal é aquela boia que você encaixa o bebê dentro.
Para maiores de 2 anos eu recomendo aquela bóia que além de prender nos braços também prende na barriga, impedindo que a criança caia de cara para frente e se afogue (veja foto abaixo).
Prancha: Só os mais velhos vão curtir uma prancha. O meu filho de 3 anos e meio curte muito já o meu bebê de 11 meses não se importa. Acredito que só a partir de 2 anos, porque poderia associar com o uso daquela bóia que eu indiquei acima.

boia para bebe boia para crianca

5-Alimentação e hidratação:
Se o seu bebê mama, ofereça sempre muito peito à ele. Não se esqueça de checar a moleira de vez em quando, se ela estiver muito funda pode significar que hidratação não está muito boa.

Saiba mais detalhes sobre a moleira do bebê.

Água em abundância para qualquer idade a partir de 6 meses.
Água de coco só para maiores de 12 meses por possuir quantidade elevada e eletrólitos e o sistema renal do bebê ainda não ser maduro o suficiente. Como a Mia já estava com quase 12 meses (faltando uma semana para o aniversário) eu ofereci. De qualquer forma ela não tomou muita coisa.
Se o bebê ainda não come qualquer coisa na rua, leve a comidinha dela em um recipiente térmico como a thermos foogo ou similar que segura a comida quentinha por até 5 horas (esse da foto abaixo).Banana é uma fruta fácil de levar na bolsa, descascar na hora e oferecer para qualquer criança, inclusive bebês.
Não se esqueça de comprar uma bolsa grande de praia para conseguir levar boa parte dessa tralha, levar uma toalha para secar as crianças (eu levo um roupão infantil e uma canga ou toalha grande para colocar o bebê para cochilar no horário dele dormir.

Fora isso tudo, é sempre interessante pesquisar com antecedência se a praia tem estrutura para receber crianças: lugares com sombra – prefira sombras de palhoça, ducha de água doce, restaurante ou algum lugar perto para almoçar (se a criança for almoçar no horário da praia e você não levar comida).

É, eu sei, é muita coisa! Provavelmente eu estou esquecendo algum detalhe.
Boa praia, Bjs Thata

Deixe seu comentário!