A mãe que chora junto com um filho

A mãe que chora junto com um filho.

O bebê chora há horas de cólica. Você tenta bolsinha de água morna, probiótico, barriga com barriga, bicicletinha, massagem na barriga, homeopatia, dançar junto, cantar, sling, mandinga e no final você chora junto.



O bebê ficou gripado. Febre alta, dor no corpo, não come e não dorme. Você dá homeopatia, alopatia, inclinada cabeceira, corta cebola, lavagem no nariz e no final você chora junto.

Lá vem mais dente nascendo. Você lembra de colocar o colar de âmbar que estava esquecido, camomilina, floral de Bach, picolé de leite materno, gelzinho na gengiva e no final você chora junto.

Você chora junto porque essa dor do seu filho é também a sua dor.
Você chora junto por se sentir impotente apesar de ter tentado de tudo.
Você chora junto de desespero por não saber mais o que fazer.

Você chora junto porque no fundo você preferia transferir essa dor para você, mas não é possível de se fazer. Infelizmente não é possível…

Você chora e se sente cansada. Se sente exaurida. Você chora achando que fez alguma coisa errada ou que poderia ter feito mais, tentado mais.

Você chora porque você é MÃE e ama o seu filho. Nenhuma mãe quer ver o seu filho sofrer de dor.

Você chora porque descobre que nem tudo está ao seu controle e nem sempre você vai conseguir ajudar quem você mais ama nesse mundo.

Assim seguimos fazendo o que nos é possível. Assim seguimos fazendo com amor. E quando eles voltam a sorrir é um alívio no peito e na alma.

Thais Cardoso – Mamãe Tagarela

OBS. Nesse dia a Mia chorou o dia todo com 2 pré molares em baixo rasgando. NADA do que fiz adiantou. Dei muito colo (inclusive ela estava sentada no meu colo quando tirei a foto). A foto levou 1 segundo mas eu achei que sem ela vocês não entenderiam a importância das minhas palavras, não entenderiam o que eu passei.

Deixe seu comentário!