Quando Virar a Cadeirinha do Carro Para Frente?

Quando Virar a Cadeirinha do Carro Para FrenteQuando é seguro virar a cadeirinha do carro para frente? Com 1 ano? Antes disso eu posso virar? Sou obrigada a virar com 1 ano?

Esse é um assunto que eu queria falar desde que o blog surgiu. Um assunto sério e posso acabar criando polêmica por levantar essa questão aqui, por isso tenho postergado. Mas chegou a hora de escrever sobre o assunto, então te convido a ler o texto até o final porque o assunto é importante e merece toda atenção.

Segundo o código de trânsito brasileiro, crianças com 1 ano ou menos devem andar de costas para o motorista, ou seja, viradas para trás. Mas com 1 ano, será que essas crianças estão fisiologicamente preparadas para serem viradas para frente? Vem comigo que eu vou discursar sobre o assunto.



A Academia Americana de Pediatria recomenda que as crianças andem no carro com a cadeira virada pra trás até completarem pelo menos 2 anos (isso é o mínimo). Mas o ideal é que fiquem até completar 4 anos.

Por que isso? Você deve estar se perguntando.
Porque de 2 a 4 anos as crianças ainda tem o pescoço bem molinho e a cabeça grande, ou seja, desproporcional para o corpo delas. Então em um impacto fica difícil o pescoço segurar a cabeça no lugar, o que pode causar fratura de vértebra.

Quando o assento está virado para trás o impacto se distribiu todo pela coluna da criança, sem causar danos, também suporta melhor a cabeça, o pescoço e todos os ossos da coluna.

Recomendo que assistam o vídeo abaixo para entenderem melhor como seria um impacto com a criança virada para frente e um impacto com a criança virada para trás.

Ah, então a cadeira não serve para nada?

Claro que serve. A cadeira, sendo ela virada para frente ou para trás, pode salvar viras. Mas no caso de uma criança até 2 anos, se durante o impacto, estiver virada para trás tem 75% menos de chance de morrer ou sofrer ferimentos graves como paraplegia, tetraplegia, ou outros. Quando a cadeira da criança está virada para trás ela é 5 vezes mais segura do que se estivesse virada para frente.

É horrível falar dessa forma, mas especialistas dizem que a cadeirinha do carro virada para trás é chamada de “cadeira do órfão” porque em um impacto muito grande, uma batida muito feia, os pais podem morrer mas a criança sai viva de tão seguro que é andar com a criança virada para trás. Na verdade, essa posição é melhorar para todas as idades, mas nós adultos não temos como sentar olhando para a parte de trás do carro, já as crianças tem essa opção, basta você, pai ou mãe, colocaro seu filho assim.

Eu entendo que seja difícil manter a criança nessa posição até ela completar os 4 anos porque começa a ficar apertado para as pernas e tudo mais, apesar de que isso não é uma desculpa, vou falar nisso no decorrer do texto.

Mas manter uma criança até completar os 2 anos e até mesmo um pouco mais é bem possível sim. Meu filho está perto de completar 2 anos, com mais ou menos 88 cm de altura,  e ainda está nessa posição, pois usamos uma cadeira que pode ser instalada tanto para frente quanto para trás  e no momento ela está instalada para trás e vai continuar assim até o dia que não for mais possível mantê-lo nessa posição.

Ah, mas nada vai acontecer comigo. Não vamos sofrer nenhum acidente.

Eu sempre digo que é com pessoas que pensam dessa maneira que essas coisas tendem a acontecer. Não estou desejando o mal de ninguém, não entenda errado, estou desejando que eu consiga abrir os olhos da maioria dos leitores que pensar dessa forma não ajuda.

Não é porque o código de trânsito recomenda que a criança viaje no carro com a cadeira para trás até 1 ano que com 1 ano você já tem que correr para virar a cadeirinha. Aliás, eu ouvi falar que alguns pediatras brasileiros (obviamente os mais antenados) estão recomendando aos pais que esperem até pelo menos 2 anos para virar a cadeira. Acredito que dentro de alguns anos todos os pediatras vão dar essa recomendação.

Mas as pernas ficam apertadas!

Especialistas dizem que não tem problema se o pé tocar as costas do assento do carro ou até mesmo as pernas ficarem dobradas. As pernas não vão quebrar por isso, não vão quebrar em um impacto, e se isso acontecer, é muito mais fácil de “arrumar” do que uma vértebra quebrada, que pode levar o seu filho a nunca mais andar ou até pior do que isso. Mas muitos pediatras estudiosos no assunto afirmam que as pernas não vão quebrar!

Tem outro detalhe: crianças que só andaram de carro olhando para trás não ficam incomodadas por causa disso, mas uma vez que você vira o seu filho para frente, virá-lo de volta para trás é uma tarefa bem difícil. Então não vire a criança para frente se ela não estiver preparada ainda.

Mas já virei o meu filho para frente, posso virá-lo de volta para trás?

Pode e deve. Mesmo que a criança reclame, a recomendação é que mude-a de volta. Melhor um resmungão vivo do que uma criança feliz correndo riscos.

Não acha?
Eu acredito que a segurança dos nossos filhos sempre deve estar em primeiro lugar e sempre acima de tudo.

Fonte:
Oficial Journal Of The American Academy Of Pediatrics
Parenting 
Folha de São Paulo
MamaDrama

40 comentários

  1. livia comentou

    Meu bebê ainda usa o bebê conforto mas eu achava que as características nhas só davam pra usar pra frente. Será que qq cadeirinha da pra botar invertida?

    1. Thata Tagarela respondeu livia

      Não é qualquer cadeira não Livia, tem que pesquisar quais você pode usar tanto viradas para trás quanto para frente. A Burigotto Matrix Evolution eu sei que pode, tanto que é a cadeirinha que eu tenho no brasil e quando visitamos os meus pais, sempre uso ela virada para trás.

      1. Plínio respondeu Thata Tagarela

        O que adianta colocar a cadeira virada se as notas em testes são horríveis? Tem muita cadeirinha que não protege nada, burigotto é uma dessas. Se a referência é Estados Unidos então compre uma caderinha que seja boa lá, pois melhor um filho vivo do que um pai pao duro.

      2. Veridiana respondeu Thata Tagarela

        Estou a procura da cadeirinha que dê para usar o máximo de tempo virada para trás, está difícil viu 🙁
        As que encontro que podem ser usadas viradas para trás até o peso de uma criança de 2 a 4 anos são importadas (não vendem aqui) e são enormes, você precisa ter uma caminhonete para poder usar o banco da frente 🙁

        Essa sua da Burigotto li o manual e diz que só pode usar virada até 13 kg, depois deve ser virada para frente.

        Alguém conhece alguma marca que dê para usar mais tempo virada sem ser as enormes como a Nextfit da Chicco e a Graco4ever ou Graco extendet fit? Essas são perfeitas na reclinação, conforto, e reversíveis por mais tempo, mas GIGANTES e só comprando na Amazon.

        Agradeco se alguém puder dar uma luz.

        1. Thaís Cardoso respondeu Veridiana

          Oi Veridiana, não sei se posso te ajudar muito. A burrigotto evolution pode ser usadaa até 25kgs. Não acho que seja uma excelente cadeira porque ela é dura pra caramba, mas ela pode ser usada para trás e isso faz dela mais segura que as outras. No Brasil, infelizmente, existem poucas opções. A verdade é que com 3-4 anos, por causa da altura, mesmo que a criança não tenha atingido os 25kgs, você vai precisar mudar de cadeira. Vou fazer um vídeo sobre isso, explicando sobre a altura do cinto de segurança e a hora certa de mudar de cadeira.

  2. Evelyn comentou

    Ok mas o que fazer em relação ao peso da criança??? Minha cadeira é reversível mas só pode ser colocada de costas até 10kg. Meu filho atingiu esse peso com 10 meses.
    Agora com 1 ano ele pesa 12kg.

    1. Thata Tagarela respondeu Evelyn

      Evelyn, deve-se respeitar o peso. Não tem problema passar um pouquinho de nada do peso pois existe uma margem de segurança, só não pode passar muito. O meu filho com 10 meses também estava com esse peso. Existem outras cadeiras que aguentam peso maior viradas de costas. A cadeira do meu filho vai até 14kgs virada de costas e 19 de frente. Ele acabou de atingir os 14kgs e eu estou pensando em virar a cadeira agora, mas ele já em 2 anos então me sinto mais aliviada.

    2. Daniela respondeu Evelyn

      Não existe isso … De costas pode andar … De frente é que precisa de um mínimo de peso … Agora de costas não minha gente… Não tem máximo de peso … O problema é que as mães acham que é mais divertido e legal a criança andar de frente … Triste isso ..

      1. Luciana respondeu Daniela

        Oi Daniela. Essa informação é segura?? Tenho uma cadeirinha da Safety first (Recline) que diz só poder ser usada de costas até 13kg. Meu filho tem 1 ano e 3 meses e já passou disso, mas ainda gostaria de deixá-lo de costas…

  3. Anamary comentou

    Olá, muito boa a matéria!
    Mas existe outro fator que infelizmente devemos pensar que é a violência.
    São Paulo está um caos, e com a cadeirinha para frente é muito mais fácil tirar uma criança no caso de um assalto, do que se ela estivesse virada para trás.
    É horrível ter que pensar nisso, mas é nossa triste realidade.
    Eu morro de medo de sair sozinha com a minha bebê por causa disso…
    Alguma sugestão nesse caso?
    Que Deus nos livre de qualquer imprevisto com as nossas crianças!

  4. Excelente! Você é fantástica! Moro nos EUA, meu filho tem 3 anos e a cadeirinha dele ainda é virada para trás. Quando vou ao Brasil, minhas amigas brasileiras olham para mim meio atravessado, como se eu fosse exagerada. Fico triste em saber que a brasileira é tão desinformada. Graças a Deus existem pessoas como você para trazer um pouco mais de informação. 🙂 Beijo!

  5. Não sou mãe mas descobri esse assunto agora e estou chocada! Com certeza levarei para o futuro, quando tiver um filho.
    Muito obrigada!

    1. Thata Tagarela respondeu Carol Mendes

      Muito bom!

  6. Ana Paula Korbes comentou

    Thata, você já fez algum post com dicas de como acalmar bebes na cadeirinha do carro? Meu filho está com 5 meses e meio e a 3 dias passou a chorar desesperadamente quando sentado no carro! Pela manhã ele aceita quando eu levo ele na casa dos avós, mas quando eu busco no final do dia, começa a chorar depois de algumas quadras e não para mais. O que fazer?

    1. Thata Tagarela respondeu Ana Paula Korbes

      Ana Paula, ainda não tenho. Vou escrever um.

      1. Glaucia respondeu Thata Tagarela

        Sim, por favor escreve. Desde que a Amanda nasceu ela chora na cadeirinha do carro.

    2. Mileana respondeu Ana Paula Korbes

      Colega eu passei por isso. Usei de persistencia e ele aprendeu! Comecei a testar algumas coisas para minimizar e deram certo. coloco-o no bebe conforto digo que estamos indo para nossa casa, dou um brinquedinho na mão dele e não falo mais uma palavra no carro durante o percurso, coloco uma musica baixa e vou! Mesmo que ele chore não falo com ele. Quando chego na minha garagem eu falo com ele que chegamos.

    3. luciana respondeu Ana Paula Korbes

      para acalmar meu bb uso um dvd com programinhas infantis, ele fica super tranquilo o trajeto todo.

      1. Leticia Galacio respondeu luciana

        Oi Luciana, vc ainda usa a cadeirinha virada para trás, como colocou o dvd? Minha bebê não quer ficar mais na cadeirinha mesmo eu sentada atrás ao lado dela. Ela tem 9 meses e agora eu preciso dirigir e não sei o que fazer pra acalma-la.

  7. Helena Donath comentou

    Gostei muito!!!

  8. Bruno comentou

    Gostaria de lhe parabenizar pelo conteúdo desse post!
    Estou indo a trabalho aos eua e vi que lá as coisas são realmente mais sérias que aqui. Semprei achei um absurdo com apenas 1 ano de idade a criança ir virada pra frente. Ela não tem estrutura corporal no caso de um acidente!
    Parabéns por informar isso pois muita.gente nem.tem.ideia e só se preocupa com a multa.e não com a proteção da criança.

  9. Betane comentou

    Estou pesquisando para comprar uma cadeirinha porque meu bebê conforto é só até 13 kg. Mas se eu comprar uma cadeirinha de até 25 kg quando meu filho chegar a esse peso vou ter que comprar outra cadeirinha até ele chegar aos 36 kg antes de partir para o assento?

    1. Thata Tagarela respondeu Betane

      Isso Betane. Crianças chegam aos 25kgs por volta dos 5 anos (alguma antes, outras depois) mas dura bastante essa segunda cadeirinha.

      1. Luciana respondeu Thata Tagarela

        Minha filha só chegou aos 25 kg com 7 anos. Aí aposentei a cadeirinha.

  10. Agnes comentou

    Muito obrigada!!!!! Você não tem ideia do quanto procurei essa informação!!

    Meu filho tem 2 anos, não chegou nos 10kg (é o biotipo dele) e ainda está no bebê [des]conforto.
    Saí para comprar a cadeirinha para virá-lo para frente, pois suas pernas ficam dobradas e eu achava que num impacto poderia machucá-las. Ainda bem que a vendedora me recomendou pesquisar melhor antes de comprar, pois seria uma decisão importante.
    Acabo de decidir: vou comprar uma reversível que eu consiga deixá-lo o máximo de tempo possível de costas.

    Parabéns pelo trabalho!!

    1. Thata Tagarela respondeu Agnes

      Obrigada Agnes! Fico feliz de ter ajudado! 🙂

  11. Ana Cristina comentou

    Tenho uma amiga que tem uma bebezinha da mesma idade que a minha,6meses, e ela usa o bebe conforto virado pra frente ja comentei que está errado mais diz que sempre usou assim que perigo essa bebe corre ou e o certo?

  12. Dayanne comentou

    O que acho mais triste é essa nossa legislação de trânsito. Uma lei que diz que um bebê com apenas um ano deve sentar virado pra frente. Qual a justificativa dessa lei? No que se baseia isso? Bom, eu não sigo a lei brasileira. Minha bebê está com 1 ano e 3 meses e vai continuar virada de costas até quando conseguir. O pior é ver mães amigas achando um absurdo ela andar assim.

  13. Glaucia comentou

    Muito boa a reportagem, eu moro na Espanha e aqui a recomendação é que os bebês fiquem olhando pra traz pelo menos por 18 meses. A maioria dos bebê conforto que vendem indicam peso máximo de 13kg.
    Eu sofro muito no carro pois minha filha odeia estar ali, desde RM, hoje tem 7 meses. Quando eu digo que ela odeia, eu me refiro a berrar no carro, berrear até ficar sem ar e voltar a berrar, independe se estou atras com ela ou dirigindo, raras vezes que consigo acalmar ela quando estou ao lado. Mas é só parar o carro que ela começa a parar de chorar pois acha que vamos pegar ela. Quando vou de A pra B tenho que dar muita margem pois sempre acabo tendo que parar o carro em algum momento às vezes mais de 1 vez.
    Esse assunto é polêmico sim, pois para pais desesperados em como acalmar o bebê no carro estamos buscando “furos” na lei pra ver quando será que dá pra colocar o bebê virado pra frente na vaga esperança de que isso pudesse ajudar. Bom, acabo de comprar uma cadeirinha nova (já pensei que ela pudesse estar incomoda no bebê conforto mas vejo que não é isso, ela simplesmente não gosta de ficar ali presa) é da “Chico 012” da pra colocar virando pra traz e pra frente. Eu instalei ela virada pra traz pois Amanda é pequena ainda, mas diz que a partir dos 9kg já poderia ir olhando pra frente. Sou uma mãe desesperada no carro, e inclusive acho perigoso dirigir com uma criança BERRANDO no carro, a gente fica olhando pelo espelho pra ver se está tudo bem, e quando vê não está 100% de atenção no trânsito mas eu não tive coragem de usar a cadeirinha virada pra frente pois sei que é mais seguro ir ao contrário, mas estou chegando no meu limite.
    Gostaria muito de ajuda, mas preciso de dicas boas, pois o óbvio eu já tentei… colocar vídeo, dar brinquedo, paninho, bixinho, coloco música no carro, alta, baixa, vou cantando, fico em silêncio…. dei meu pijama com meu cheiro pra ela segurar… nadica de nada. Levo uma bolsa grande cheia de brinquedos e vou passando um, depois o outro até acabar….
    Eu sei que é mais seguro ela ir olhando pra traz, exatamente por isso que não a coloquei pra frente ainda, mas no meu desespero estou quase indo lá e virando a cadeira.
    Help please!

    1. Key respondeu Glaucia

      estou na mesma situação que vc, bati o carro no da frente justamente pq me distrai tentando acalma lo 🙁

  14. Tatiani comentou

    Ótimo texto, minha bebê vai completar 10 meses e como é grandinha já está ficando desconfortável no bb conforto, estou procurando cadeirinha e gostei mto dessa Burigotto Matriz Evolution, esse texto serviu pra definição. Obrigada!

  15. Nadia comentou

    Ola, moro nos Estados Unidos e troquei o bebê conforto assim que meu filho completou 1 ano. Eu sempre levo nos bombeiros, lá eles checam se está correto, da dicas de segurança como por exemplo manter a cadeirinha até 2 anos virada para trás, e de quebra até dão um chapéu de plástico de bombeiro para o baby haha.
    Meu filho hoje está com 15 meses e está me deixando louca quando coloco ele na cadeirinha, faz um escândalo que parece que estou espancando, creduuuu haja paciência!! Uma técnica que tem me ajudado é respiração de yoga, faço isso na frente dele e ele já entende o recado.
    Achei seu texto bem informativo, agora vai de cada mamãe seguir como pensa.
    Obrigada!
    Nadia
    #mammaeveryday

  16. LETÍCIA comentou

    Excelente texto, só me resta uma dúvida, minha bebê tem 1 ano e 1 mês e 9 kg, e ainda está no bebê conforto, é necessário trocar o bebê conforto por uma cadeirinha, ou esperar até os 13 kg?? pode me ajudar. Obrigada!

    1. Thaís Cardoso respondeu LETÍCIA

      Você precisa observar, muito mais do que o peso, a altura. O peso é somente um parâmetro. Aqui em casa por exemplo, a Mia é baixinha, o cinto do bebê conforto ainda pega certinho nos ombros e a cabecinha dela ainda está em uma altura boa (sem ultrapassar o limite do bebê conforto) então com 1 ano e 3 meses ela ainda usa o bebê conforto. Se a sua filha for alta, aí vc precisa trocar. Repara na altura da cabeça, se ainda está protegida pelo bebê concorto. Repara na altura do cinto nos ombros, se ele desce logo depois dos ombros (antes de passar pelo buraco da cadeira), quero dizer, se o ombro estiver muito acima do buraco da cadeira do cinto ta na hora de trocar.

      1. LETÍCIA respondeu Thaís Cardoso

        Obrigada!! posso ficar mais uns dois meses com o bebê conforto, ela tbm é baixinha e se acomoda bem ainda. Pode ficar tranquila que vou fazer de tudo para que ela ande virada para traz até os dois aninhos de idade!! Obrigada mesmo! Bjs meu e da pequena Giovanna!!

  17. Nubia comentou

    Meu filho faz 1 ano em menos de 15 dias e estava louca pra vira-lo para frente, pq queria ficar vendo ele, interagir e mais. Porém ao ler essa matéria mudei de idéia, vou deixar ele pra traz o máximo possível. Obg pela dica

  18. Natalia comentou

    Bacana o texto!
    Sugiro corrigir o erro de digitação “…salvar viras…” para “…salvar vidas”.
    A questão do peso suportável do bebê conforto e cadeirinha é algo a ser observado e pode gerar dúvida!

  19. Excelente texto. Parabéns!!! Já repassei para amigas. Estava pensando em comprar uma cadeira nova (ela ainda usa o bebê conforto) para a minha bebê de 1 ano e virar, mas não vou virar mais. Qual marca e modelo você recomenda?

Deixe seu comentário!