Shantala – Tudo Sobre Massagem em Bebês

Diz-se que carícias alimentam a alma e é verdade que através do toque bebês formam laços emocionais, constroem a sua auto-estima e aumentam a sua segurança. Na verdade, este é o primeiro sentido a se desenvolver, e na sétima semana de gestação, antes de ter olhos e ouvidos, o feto passa a ter sensibilidade na pele. Então, nada melhor para cuidar de seu bebê com uma sessão de massagem infantil.

O que é Shantala?
Shantala (ou massagem infantil) é uma técnica de massagem para bebés que leva princípios de yoga, reflexologia, massagem sueca e Hindu. Em alguns países da América a massagem infantil é conhecida com o nome de Shantala. O nome vem de Frederick Leboyer, um médico francês que introduziu esta técnica no Ocidente e recebeu o conhecimento de uma mulher indiana chamada Shantala. Em uma de suas viagens à Índia, o obstetra francês observou como Shantala massageou seu bebê em uma rua de Kerala, um estado situado no sul da Índia, por esse motivo ele decidiu batizar esta técnica com o nome da jovem mãe.

Como é a Shantala?
As massagens são realizadas em oito áreas do corpo: pernas e pés, abdômen e no peito, braços e mãos, rosto e costas. Cada movimento tem um nome. O ideal é realizar a sequência inteira, mas se o bebê é irritável é preferível suspender a massagem e completar a técnica várias vezes.



Quais são os benefícios da Shantala?
A massagem infantil é tão benéfica para o bebê quanto para a pessoa envolvida, uma vez que a estimulação tátil promove a comunicação e fortalece o vínculo entre pais e filhos.

Para o bebê:
Ajuda a melhorar os padrões de sono e aliviar a tensão
Alivia cólicas, prisão de ventre, sinusite e dores de dentição e crescimento
Aumenta os níveis de relaxamento hormônios (oxitocina e serotonina)
Reduz o stress
Ela ajuda a criar a conexão mente-corpo
Fortalece o sistema imunológico e estimula o circulatório, digestivo e respiratório.
Aumenta a auto-estima
Estreita os laços emocionais
Ajuda a descobrir a consciência corporal
Fornece segurança emocional

Para os pais:
Incentiva a comunicação
Promove o vínculo
Ajuda a interpretar a linguagem não-verbal da criança, suas expressões, os gestos, sons executando
Facilita o reconhecimento de quaisquer alterações de pele ou sintomas no corpo do bebê
Alivia a depressão pós-parto
A massagem é um aliado para os pais, pois fornece-lhes uma ferramenta para aliviar o bebê chorando ou ter qualquer dor.

Como e quando pode ser praticada?
A idéia é encontrar uma hora do dia em que o bebê e mãe ou pai estão relaxados. É essencial também para querer fazê-lo, a prática serve nenhuma obrigação.
O bebê não deve ser sonolento ou com fome e para o ambiente deve ser calmo e agradável.
Encontrar uma posição confortável é essencial. Na cama, no chão, sentado ou ajoelhado, cada um deve encontrar a posição que é mais confortável para dar a massagem.
Antes de começar, é essencial para lavar as mãos cuidadosamente. O óleo deve ser usado também para facilitar o deslizamento das mãos. A Associação Internacional de Massagem Infantil recomenda que o óleo de massagem para bebés é de alta qualidade, sem cheiro, prensado a frio, de preferência vegetal e agricultura biológica.

Até quando você pode realizar a massagem?
À medida que o bebê cresce, é mais difícil de o manter quieto e calmo para receber a massagem. Se o bebê já fala, podemos perguntar qual é a parte do corpo onde ele quer ser massageado. Nós também podemos contar histórias sobre as diferentes partes do corpo para captar a sua atenção e usar canções, rimas e jogos.
É provável que a criança escolher evitar massagem em certas áreas (normalmente a face), neste caso, não deve forçá-lo.
Com um ano e meio, quando o bebê já caminha, você pode fazer a massagem à noite, um pouco antes dele ir dormir, porque a massagem vai agir como um relaxante que irá ajudar a restabelecer o sonho.

COMO FAZER A MASSAGEM EM BEBÊS:

Primeiro coloque o bebê de costas sobre uma toalha ou esteira virado com a barriga para cima. Quando ele estiver pronto e na posição, coloque nas mãos o óleo de massagem que vai ajudar a deslizar as mãos sobre o corpo do bebê.

shantala foto 1

1-Massageie os pés
Comece com os pés, massageie a sola, o peito do pé, cada dedo separadamente e tornozelos. Em primeiro lugar, com os polegares e, em seguida, com a palma da mão, o movimento deve ser feito na sola, a partir do calcanhar até a ponta dos pés.

shantala foto 2

2-Massageie as pernas
Continuando com as pernas, fazendo movimentos de baixo para cima e de cima para baixo, das coxas e tornozelos. Desta forma favorece o crescimento ósseo e a circulação sanguínea.

shantala foto 3

3-Massageie a barriga
Massagear a área do estômago é muito importante, pois ajuda a evitar a acumulação de gases, previne a constipação e ajuda a digestão. O movimento principal é colocar a mão acima do umbigo e trazê-la até a pelve. Deve ser feita de forma contínua, em primeiro com uma mão e depois com a outra.

shantala foto 4

4-Massageie o peito
Para massagear o peito do bebê imagine que ele é um livro. Coloque as mãos no centro do peito e as leve para fora, como se estivesse esticando as folhas desse livro. Massagens nesta área ajudam no desenvolvimento do sistema respiratório e previnem e ajudam a eliminar secreções.

shantala foto 5

5-Massageie os braços
Nas extremidades superiores aplica-se a mesma técnica que nas inferiores, que é feita a partir de baixo para cima e, em seguida, a partir de cima para baixo. Em seguida, com as duas mãos segure o braço do bebê e faça leves torsões desde o ombro até a mão.

shantala foto 6

6-Massageie as mãos
Para massagear as mãos siga as mesmas orientações da massagem nos pés. Comece pela palma e, em seguida, vá para cada dedo. Este movimento estimula o tato do bebê.

shantala foto 7



7-Massageie as costas
O bebê deve ser colocado com a cabeça para baixo. A massagem pega toda parte de trás, começando no pescoço e indo até o fim das pernas, passe pela área das nádegas e continue até os tornozelos. Estes movimentos fortalecem os músculos das costas e ajudar ao pouco controle de sua cabeça.

shantala foto 8

8-Massageie o rosto
Embora alguns bebês se irritem um pouco com essa massagem, a massagem no rosto cria uma cumplicidade única, porque ao fazê-la você pode manter contato visual com seu filho.
Coloque a ponta dos dedos na testa e corra com os dedos pelo rosto do bebê. Bebês que estão na fase da dentição podem se beneficiar de uma massagem na região da mandíbula, que é muito eficaz para aliviar a dor.

shantala foto 9

Fonte:
Baby Sitio 

Dê a sua opinião: