Vitaminas Para Grávidas – Tudo Que Você Precisa Saber

Assim que descobrimos a gravidez uma das primeiras coisas que o médico passa são as vitaminas para grávidas que servem para prevenira anemia, reduzir o risco de defeitos do tubo neural do bebê, prevenir a perda óssea, ajudar na formação do DNA e no crescimento do feto.

Esses polivitamínicos para gestantes devem ser tomados conforme orientação médica, mas geralmente é uma cápsula ou comprimido ao dia e deve ser tomado desde o início até o final da gravidez. Os polivitamínicos mais conhecidos que encontramos no Brasil são Natalben Supra, Centrum Prenatal, Ogestan plus, Natele e Materna. Eu quando engravidei do Eric tomei o materna, mas todos são a mesma coisa.



Nessas vitaminas para grávidas você vai encontrar os nutrientes exatos para que o corpo de uma grávida precisa para que o feto se desenvolva de forma saudável, como: ferro, cálcio, zinco, cobre; vitaminas C, D, B6, B12 e ácido fólico; ácidos graxos e ômega 3.

Mas por quê eu preciso desses nutrientes?
Para evitar má formação no tubo neural do feto, evitar que a parte óssea da mãe e do bebê fiquem frágil, evitar morte fetal ou nascimento prematuro e de um bebê com baixo peso, evitar pré-eclâmpsia, evitar quadros de  ansiedade, depressão, confusão mental e alterações de humor na grávida além de formigamentos no pé e nas mãos, problemas na formação cerebral do feto etc.

Mas cuidado! Tomar vitamina por conta própria pode ser perigoso! Principalmente para as grávidas, porque excesso de algum nutriente pode fazer mal ao bebê. Um exemplo é o excecsso de vitamina A que pode causar má formação no feto, ou o excesso de vitamina C que pode aumentar o risco de cálculos renais.

Por isso é importante o acompanhamento do obstetra, porque ele vai passar exames de sangue ao longo da gestação para saber a real necessidade em tomar o polivitamínico para gestantes. Aliás, se você tiver anemia, muito provavelmente vai ter que tomar um solfato ferroso, ou seja, mais um tipo de vitamina, para poder melhorar o número de hemáceas no sangue. Eu precisei tomar no final da minha gravidez da Mia e ficou tudo bem comigo e com ela.

Se você mora em um lugar com pouco sol e frio, como eu morava, é capaz do seu médico também pedir que você tome vitamina D. Mas leve o seu polivitamínico para que ele verifique se já não existe a vitamina D na fórmula. O meu já tinha e eu não precisei tomar nenhuma vitamina D extra.

Além de toddas essas vitaminas, uma outra vitamina importante para se tomar é o omega 3. Geralmente o omega 3 vem separado porque ele precisa ser em cápsulas de gel. O omega 3 auxilia no controle da pressão sanguínea e da coagulação. Atuando no desenvolvimento neurológico e visual do feto e também atuando na precaução de pré-eclâmpsia e parto prematuro.

Além das vitaminas, não esqueça de se alimentar bem. Sim, mesmo tomando vitaminas você precisa comer das mais variadas frutas, verduras, grãos etc. Tenho aqui um texto maravilhoso escrito por nutricionistas sobre alimentação na gestação, vale a pena dar uma olhada.

Quando o bebê nascer, você pode continuar tomando a sua vitamina de grávida enquanto amamentar, pois através do leite materno o bebê vai sugar todos os nutrientes e você vai precisar repor. É assim, com falta de vitaminas, além da queda hormonal, que se dá a famosa queda de cabelo no pós parto. Então  continue tomando o seu polivitamínico de gestante por um longo período mesmo após o nascimento do seu bebê.

1 comentário

Deixe seu comentário!